Veja cinco mulheres que exercem cargos de liderança em clubes de futebol

A mudança é lenta, mas é notável. Se um dia a frase “mulher no futebol” era dúbia, hoje ela se mostra legítima com base na realidade. As mulheres não só conquistaram espaço e notoriedade dentro de campo como também em cargos de liderança dentro dos próprios clubes. Esse é o caso do Palmeiras, que conquistou a Recopa Sul-Americana sob a liderança da presidente Leila Pereira. E não para por aí. Na Europa, as mulheres estão presentes em cargos-chave de diretorias de clubes gigantes, como Bayern de Munique, com Kathleen Krüger, e Chelsea, com Marina Granovskaia. A seguir, o SBT Sports apresenta uma lista com cinco mulheres que ocupam postos de liderança no futebol.

Kathleen Krüger – Bayern de Munique

Kathleen Krüger é gerente geral do Bayern desde de 2012. A alemã é fundamental no time bávaro por fazer uma espécie de ponte entre os atletas e a diretoria, sendo responsável por coordenar treinos, viagens e até garantir que as dietas sejam cumpridas. 

Leila Pereira – Palmeiras

Em novembro de 2021, a empresária Leila Pereira, presidente da patrocinadora máster do Palmeiras, Crefisa, se tornou a primeira mulher a ocupar o cargo máximo do Verdão desde a fundação do clube, em 1914. Nesta temporada, a mandatária esteve à frente do Alviverde em dois torneios internacionais: no Mundial de Clubes e na Recopa Sul-Americana, onde conquistou seu primeiro título no posto.

Marina Granovskaia – Chelsea

Diretora executiva do Chelsea desde 2014, Marina Granovskaia é uma das principais responsáveis pelo sucesso do clube inglês. A russa conduziu uma série de acordos importantes, como o atual contrato do clube com a fornecedora de materiais esportivos Nike, assinado em outubro de 2016, com validade até 2032, além da venda de Eden Hazard ao Real Madrid, em 2019, por cerca de 100 milhões de euros (R$ 435 milhões, na época).

Rebecca Caplehorn – Tottenham

A diretora de futebol do Tottenham Rebecca Caplehorn é uma das responsáveis pela reformulação que elevou o Spurs a outro patamar. Com Caplehorn na diretoria desde 2015, o clube ganhou destaque na Champions League e no Campeonato Inglês.

Victoria Pavón Palomo –  Leganés

A espanhola Victoria Pavón é presidente do Leganés desde 2008, ano em que comprou o clube. Sob seu comando, o time saiu da terceira divisão para a performar na elite do futebol nacional. 

Informações do SBT Sports.