Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Veteranos contestados terão 'segunda chance' no Vasco em 2017

Embora tenham sofrido contestações e sejam vistos com cautela por conta da idade, alguns dos jogadores mais experientes do elenco do Vasco ganharam um voto de confiança da diretoria e tiveram seus contratos renovados antes mesmo do término da temporada: os principais casos são de Jorge Henrique, Diguinho e Julio Cesar.

Jorge Henrique, de 34 anos, chegou ao Vasco em agosto de 2015, já numa fase difícil da equipe, e se tornou um homem de confiança do técnico Jorginho por conta de sua aplicação tática. Este ano, porém, o jogador caiu de produção, perdeu a vaga e sofreu com as vaias em algumas partidas. Ele renovou com o clube até o fim de 2017.

Diguinho, entre o trio, foi o mais perseguido pelos torcedores. Os vascaínos não perdoaram algumas falhas do volante de 33 anos, principalmente na penúltima rodada da Série B, contra o Criciúma, quando cometeu um pênalti infantil, que quase custou o acesso do time cruzmaltino à Série A. Assim como Jorge Henrique, ele também renovou até o fim da próxima temporada.

Julio Cesar, de 34 anos, vive a sombra do jovem e promissor Alan, revelado nas divisões de base do Vasco. Na reta final da Série B, Jorginho sofreu com a pressão da torcida que pedia a efetivação do garoto no time titular. O treinador, no entanto, preferiu conta com a experiência do veterano lateral no momento delicado que a equipe enfrentava.