Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Zé Ricardo lembra até de Muricy ao lamentar empate do Fla, mas já mira vice

Após o Flamengo sofrer no final do jogo o empate que decretou o empate por 2 a 2 com o Coritiba, na noite deste domingo, no Maracanã, o técnico Zé Ricardo não escondeu a frustração com o fato de que o time agora não tem mais chances matemáticas de buscar o título do Campeonato Brasileiro, pois ficou a sete pontos do líder Palmeiras a duas rodadas para o final da competição. Entretanto, lembrou que a equipe precisa se manter de cabeça erguida e motivada em busca do vice-campeonato nacional.

E no próximo domingo o time rubro-negro irá encarar justamente o vice-líder Santos, às 17 horas, no Maracanã, pela penúltima rodada, em uma espécie de final na busca por este posto no Brasileirão. Terceira colocada, a equipe carioca está apenas um ponto atrás dos santistas, que ainda alimentam chance matemática de serem campeões nacionais. Para isso, porém, teriam de contar com duas derrotas do Palmeiras e vencer os dois jogos que terão pela frente nestas duas últimas rodadas.

"Estamos frustrados, lógico, mas passamos a ter um objetivo secundário, que é a busca pelo vice-campeonato. Vamos tentar nos recuperar dessa frustração de hoje (domingo) para estar preparado para o jogo da semana que vem. Temos uma semana para preparar a equipe para o confronto direto com o Santos", ressaltou Zé Ricardo, em entrevista coletiva na qual tentou mostrar ânimo ao projetar objetivos menos nobres.

Entretanto, foi impossível não lamentar a sequência de vacilos do Flamengo na reta final deste Brasileirão. Ele até lembrou de uma velha expressão proferida com frequência por Muricy Ramalho, seu antecessor no cargo, ao comentar o empate sofrido diante do Coritiba, após os rubro-negros terem aberto 2 a 0 de vantagem, e a queda de desempenho do time que agora se vê fora da disputa pelo título.

"Criamos várias oportunidades, como diz um velho ditado do professor Muricy, a bola pune e puniu a gente. É continuar, infelizmente não temos mais condições de título. Aquela expectativa que tinha de voltar ao Maracanã e ser impulsionado pelas vitórias infelizmente não aconteceu. Serve de ensinamento. Vamos ter que buscar forças para sair desse luto e buscar fazer o máximo para terminar bem o campeonato", se conformou o comandante.

Após encarar o Santos no domingo, o Flamengo irá fechar a sua campanha no Brasileirão contra o Atlético-PR, no dia 4 de dezembro, na Arena da Baixada, em Curitiba. Já a equipe santista fará uma partida bem mais tranquila na rodada final, pois pegará o lanterna e rebaixado América-MG, na Vila Belmiro.