Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Baiano acredita na virada contra o Copagril na final da Ouro

(Foto: Divulgação) - Baiano acredita na virada contra o Copagril na final da Ouro
(Foto: Divulgação)

Depois do revés contra a Copagril na primeira partida decisiva da Chave Ouro, o Keima Futsal/AFP começa a pensar no segundo jogo do confronto, no dia 19. Porém, a confiança em reverter o resultado ao lado do torcedor rubro-negro e a força de seu plantel, motivam o técnico Baiano.

A equipe ponta-grossense receberá o time de Marechal Cândido Rondon na próxima segunda-feira (19) no Oscar Pereira, às 19h40. Só a vitória interessa para o Keima seguir com chances de conquistar o título inédito para a cidade dos Campos Gerais.

O treinador rubro-negro reconhece a importância da partida para seu elenco: “A gente sabe das dificuldades que nós vamos enfrentar, principalmente pela questão da equipe deles poder jogar até por uma derrota. Por isso, a responsabilidade é muito grande do nosso lado”.

Porém, Baiano tem confiança em seu plantel, para buscar a vitória na segunda-feira. “Ao mesmo tempo, a confiança em reverter essa situação é muito grande. Temos qualidade e capacidade, que foi demonstrada lá, e por isso acreditamos que temos condições de no jogo da segunda-feira buscar a reversão do placar”

Em uma situação de terceiro jogo, o confronto final será disputado dois dias depois do segundo duelo, na quarta-feira (21). E para o comandante do Keima Futsal/AFP, caso ocorra a terceira partida, um novo campeonato começa: “Na terceira partida, é tudo do zero, com as duas equipes buscando o título, já que no segundo jogo, só o Marechal pode ser campeão e vamos fazer de tudo para que isso não ocorra”.

Colaboração Assessoria de Imprensa.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo