Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Keima foca na parte tática para decidir vaga na final da Ouro

(Foto: Divulgação) - Keima foca na parte tática para decidir vaga na final da Ouro
(Foto: Divulgação)

A preparação para o duelo semifinal de sábado (3), às 20h30, no Ginásio Oscar Pereira, segue a todo vapor no Keima Futsal/AFP. Nas quadras, os últimos treinos são realizados, visando a parte tática para pegar o Marreco daqui três dias. Nas quartas de final, o rubro-negro eliminou o maior vencedor do estado, o Cascavel.

Jogador mais antigo do plantel do Keima, o ala Claudinho permaneceu mais de 250 minutos em quadra ao longo da competição. O baixo número se deve ao fato do jogador ter ficado lesionado por cerca de 2 meses, ainda na primeira fase do Paranaense. Edu, Ian e Marinho, presentes na equipe desde o começo da temporada, ficaram mais de 350 minutos em quadra. Apenas o ala Éder ficou mais tempo, com 450 minutos, o líder neste quesito.

Artilheiro do Keima Futsal na competição, o pivô Vilela permaneceu em quadra por mais de 250 minutos na temporada. O camisa 9, que chegou na metade do returno da primeira fase, marcou um gol a cada 15 minutos em quadra.

Quartas de final

Na partida de ida, realizada no Ginásio da Neva, o rubro-negro desarmou 75 vezes, sete desarmes a menos do que o jogo de volta. Com relação ao número de chutes dados, os comandados de Baiano também melhoraram o desempenho na segunda partida. De 28 disparos em Cascavel, o segundo jogo teve um grande aumento, chegando a 42 finalizações. Os passes errados também caíram pela metade no Oscar Pereira, de 14 erros para apenas sete.

Colaboração Assessoria de Imprensa.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo