Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Umuarama amarga derrota de 4 a 1 para o Guarapuava no Paranaense de Futsal

Partida foi no ginásio Amário Vieira da Costa (Foto: Divulgação) - Umuarama amarga derrota de 4 a 1 para o Guarapuava
Partida foi no ginásio Amário Vieira da Costa (Foto: Divulgação)

Umuarama Futsal e Poker Guarapuava entraram em quadra na noite dessa sexta-feira (11), no ginásio de esportes Amário Vieira da Costa, para a disputa da primeira partida das quartas de final do Campeonato Paranaense Chave Ouro. Mesmo jogando em casa, a equipe da capital da amizade se complicou no primeiro tempo e amargou derrota por 4 a 1. 

Jogando em casa, o Umuarama Futsal começou impondo o seu ritmo de jogo, principalmente em jogadas pela ala esquerda com Sol Sales. Em uma delas, o artilheiro encontrou Schneider dentro da área, o fixo dominou de costas para o gol e rolou para Uesler, porém, a bola veio na perna direita do ala umuaramense, que acabou chutando por cima do gol de Marcão.

Pouco tempo depois, em um lançamento de Elton, Sol Sales escorou de cabeça para Vitão bater de primeira. A bola passou do lado da trave de Marcão, que apenas acompanhou com os olhos. A equipe do Guarapuava respondeu com Selbach, mas a bola passou por cima do gol de Elton. Entretanto, na segunda oportunidade que tiveram, os visitantes não desperdiçaram. Selbach recebeu lançamento pela direita, ganhou a dividida de Gava e, de frente para Elton, rolou para Matheus Cortez empurrar para as redes e marcar o primeiro gol do Guarapuava aos sete minutos.

Atrás do placar, o Umuarama Futsal manteve o ritmo no ataque, no entanto, apostando mais em finalizações de longa distância. Marcão fez boas defesas nos chutes de Gava e William. Pouco tempo depois, Pierre conseguiu roubar a bola na entrada da área visitante e tocou para Marcelo fazer o gol, mas Marcão se recuperou e fez boa defesa.

Com a equipe umuaramense exposta, restava ao Guarapuava os contra-ataques. Cris driblou pela ala e tocou para Edimar que, na marca do pênalti, bateu por cima do gol de Elton. Pouco depois, Elton fez boa defesa em finalização cara a cara de Matheus. 

Tentando igualar o placar, o Umuarama Futsal continuava com os chutes de longa distância, entretanto, saiam sem direção e, para piorar a situação, em outro contra-ataque guarapuavano, Matheus Cortez levou pelo meio e tocou para Selbach empurrar as redes e marcar o segundo gol, a dois minutos e meio para o fim.

Com dois gols para buscar, o goleiro Elton avançou ao ataque. Com um homem a mais na frente, o Umuarama Futsal criou duas boas oportunidades de descontar. Na primeira, Elton lançou Ouchita, o ala escorou de cabeça para área, Schneider desviou e a bola sobrou para Sol Sales que dominou e bateu forte, mas Marcão fez outra boa defesa. Novamente avançado, Elton resolver arriscar ao gol, o chute saiu forte e Schneider não conseguiu desviar, saindo a bola a esquerda do gol guarapuavano.

Perto de descontar no placar, a equipe umuaramense levou outro balde de água fria. Ainda na primeira etapa, Vitão interceptou um lançamento adversário pelo meio, mas na hora de dar o passe, deu de graça para Selbach, mesmo marcado por dois jogadores, o ala guarapuavano resolveu arriscar de longe, a bola desviou na defesa umuaramense e enganou o goleiro Elton, levando o terceiro gol a um minuto e meio do fim. Sob protesto da torcida, a equipe umuaramense saiu para o vestiário com três gols de desvantagem no placar.

Segunda etapa

A equipe umuaramense começou no mesmo ritmo da primeira, mas estava com dificuldades em entrar na defesa Guarapuavana, assim, avançou novamente o goleiro Elton para o ataque, porém, logo levou um susto, pois, Sol Sales perdeu a bola pelo meio e Matheus Cortez tentou surpreender Elton fora do gol. O goleiro se recuperou e fez boa defesa. No ataque seguinte, Elton avançou e bateu forte, mas Marcão fez boa defesa.

O Umuarama Futsal continuava no ataque, e, usando jogadas pelas alas, conseguiu criar mais duas oportunidades. Na primeira, William fez boa jogada pela esquerda e bateu cruzado, mas Sol Sales não chegou a tempo de completar na segunda trave. No ataque seguinte, pela direita, Anderson Negão driblou pela direita e bateu cruzado, mas Matheus Cortez conseguiu desviar para a lateral.

Pressionando no ataque, Gava acertou um belo chute de longe, Marcão espalmou para escanteio. Pouco depois, a equipe umuaramense trabalhou a bola pelo meio e William tocou para Pierre, o ala foi empurrada por Regis dentro da área, mas a arbitragem acabou marcando falta ao invés de pênalti, gerando reclamação umuaramense. Na cobrança, Gava tocou para William que bateu forte em cima da barreira.

No ataque seguinte, Pierre finalizou forte, a bola desviou na defesa guarapuavana e Marcão conseguiu evitar o gol umuaramense com um grande defesa no canto direito. Logo depois, a equipe visitante respondeu e chegou com perigo. Em jogada pela direita, Daniel driblou Pierre e deu um toque por cobertura na saída de Jean Reis, mas a bola chegou alta para Jé, que acabou cabeceando para fora.

Passado o susto do adversário, o Umuarama criou outra boa chance de descontar no placar, após Sol Sales driblar pela esquerda e bater cruzado, mas Schneider, de carrinho, chegou atrasado para completar ao gol.

Logo depois, Sol Sales recebeu lançamento no fundo da quadra, dominou no peito entrando na área, mas foi derrubado por Matheus Cortez. A arbitragem marcou falta fora da área, causando reclamação umuaramense outra vez, no entanto, a falta foi iniciada ainda fora da área. O pivô guarapuavano levou cartão amarelo no lance.           

Na cobrança da falta, Anderson Negão bateu forte, mas a bola ficou na barreira e os visitantes armaram um contra-ataque rápido. A bola chegou até Edimar pela direita, o ala guarapuavano avançou e bateu cruzado na saída de Jean Reis, que ainda tocou na bola, mas não conseguiu evitar o quarto gol dos visitantes a seis minutos do fim.

Após o gol, Uesler entrou como goleiro-linha no Umuarama Futsal, mas a equipe não teve sucesso em entrar na defesa adversária. O tempo foi correndo, a equipe guarapuavana buscava roubar a bola para armar contra-ataque e, quando conseguiu, o pivô Matheus Cortez avançou com espaço. Mesmo tendo a chance de finalizar, preferiu esperar a chegada da marcação de William e cavar uma falta, a arbitragem parou o jogo e aplicou cartão amarelo para o pivô por simulação, era o segundo dele na partida, sendo expulso a três minutos e meio do fim.

Com um a mais em quadra, a equipe umuaramense bombardeou a defesa adversária. Anderson Negão e William pararam na trave. Marcão fez outras três boas defesas nos chutes de Uesler, Schneider e William, mas nada do gol sair.

Restando pouco mais de um minuto, o Guarapuava teve o retorno do quinto jogador em quadra, dificultando ainda mais o jogo para o Umuarama Futsal. Contudo, a equipe umuaramense descontou nos segundos finais, com o pivô Vitão recebendo na entrada da área e batendo na saída de Marcão.

Com a derrota por 4 a 1, a equipe umuaramense terá que vencer o Guarapuava no próximo sábado (19) para provocar uma terceira partida em busca da classificação para as semifinais. Em caso de derrota ou empate, o Umuarama Futsal dará adeus ao Paranaense.

Colaboração Assessoria de Imprensa