Grêmio fica no empate com o Santos e segue na lanterna do Brasileirão

Em jogo movimentado na noite desta quinta-feira (24), Grêmio e Santos se enfrentaram na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, e empataram em 2 a 2, pela sexta rodada do Brasileirão. Diego Souza e Matheus Henrique marcaram os gols do time da casa, enquanto Marcos Guilherme e Marinho balançaram as redes para o Peixe.

Com o resultado, o Tricolor Gaúcho somou seu primeiro ponto na tabela da competição e segue na lanterna. O Santos, com oito, ocupa o décimo lugar.

O jogo

Pressionando a saída de bola do Santos, o Grêmio fez valer o mando de campo em Porto Alegre e abriu o placar logo aos três minutos. Rafinha cruzou da direita, Victor Bobsin ajeitou para trás, e Diego Souza pegou de voleio para colocar o time gaúcho na frente: 1 a 0. Em desvantagem, o Peixe se reorganizou e levou perigo aos dez minutos, quando Kaio Jorge tocou para Marinho, que acabou travado por Rafinha na hora do chute. Com mais posse de bola, a equipe alvinegra foi buscando espaço e chegou ao empate na marca dos 28. Camacho recebeu na entrada da área e passou para Marcos Guilherme, que se livrou da marcação e ficou cara a cara com Gabriel Chapecó antes de mandar para o fundo das redes: 1 a 1.

Em busca dos primeiros pontos na competição, o Grêmio seguiu tentando o gol e, aos 41, voltou a ficar na frente. Diego Souza aproveitou falha de Luiz Felipe e ficou com a sobra da bola para carregar sozinho e rolar para Matheus Henrique completar para a rede.

Na volta do intervalo, o Tricolor Gaúcho teve boa chance de ampliar logo no primeiro minuto, quando Ferreira recebeu de Diego Souza e chutou na saída do goleiro João Paulo, que defendeu com os pés. Depois, apesar de mais posse de bola, a equipe da casa não conseguiu levar mais perigo aos visitantes. O Santos, buscando espaço, chegou ao empate aos 33 minutos. Marinho recebeu de Luiz Felipe pelo meio e finalizou de canhota para mandar no ângulo esquerdo do gol: 2 a 2.

Os times seguiram ofensivos nos instantes finais da partida. Do lado do Grêmio, a melhor chegada foi após Rafinha alçar a bola na pequena área, e Ferreira cabecear para boa defesa de João Paulo. Já o Peixe teve ótima oportunidade na bomba de Kaio Jorge, que viu Gabriel Chapecó salvar os donos da casa e manter o placar inalterado.