Gustavo Morínigo dá nova cara para o Coritiba

Quando o técnico Gustavo Morínigo chegou, o Coritiba estava atolado na lanterna. Depois de quatro jogos sem derrota, subiu apenas uma posição, mas já melhorou bastante o rendimento dentro de cada partida.

“Todas as ideias, desde que Gustavo desembarcou em Curitiba, são do Gustavo. A gente tá auxiliando o Gustavo a colocar em prática tudo aquilo que ele pensa, o modo de jogar, a postura, óbvio que o trabalho de motivação desses jogadores começou quando eu cheguei, mas o Gustavo é o comandante dessa equipe, a gente compartilha informações, ele faz as escolhas, ele cria as estratégias, nós executamos.” afirmou Júlio Sérgio, auxiliar técnico do Coritiba.

O auxiliar Júlio Sérgio dirigiu o time à beira do campo em três empates, desde que Morínigo começou o trabalho. A vitória diante do Vasco foi com o paraguaio no banco de reservas, mas como ele pegou o covid-19, não pôde trabalhar presencialmente nos confrontos com Fluminense e São Paulo.

“Ele tem compartilhado muita informação com a gente, tem absorvido muita informação conosco, que já estamos aqui um pouquinho mais do que ele, para que ele tome as melhores decisões.” Disse o auxiliar técnico alviverde.

Gustavo Morínigo finalmente vai dirigir o Coritiba no Couto Pereira no jogo diante do Grêmio no próximo domingo. O desafio é manter a equipe consistente, que ao menos conseguiu competir com os adversários nas últimas partidas. 

“Futebol não se faz em um curto prazo, tem um tempo de maturação da ideia, jogadores compraram principalmente a postura dentro do campo e isso tem feito a diferença.” afirmou Júlio Sérgio.

Com 8 pontos de desvantagem para o primeiro time fora da ZR, escapar do rebaixamento é o desafio improvável nos últimos 6 jogos, mas pelo menos o Coxa pretende plantar uma semente para a próxima temporada.