Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Brasil bate Rússia e fica a um triunfo de avançar no Mundial de Handebol

(Foto: Annegret Hilse/Reuters) - Brasil bate Rússia e fica a um triunfo de avançar no Mundial
(Foto: Annegret Hilse/Reuters)

A seleção brasileira está próxima de se classificar à segunda fase do Mundial Masculino de Handebol, que está sendo realizado na Dinamarca e na Alemanha. Um dia após superar a Sérvia, a equipe conquistou novo triunfo na competição ao bater a Rússia por 25 a 23, em Berlim, na abertura da quarta rodada do Grupo A.

O Brasil havia iniciado a sua participação no Mundial com duas derrotas, para a França, por 24 a 22, e a Alemanha, por 34 a 21, diante de duas seleções consideradas candidatas ao título. Mas os triunfos deixam a equipe com boas chances de avançar na rodada final, na quinta-feira, quando vai encarar o time unificado das Coreias, sendo que os três primeiros vão obter suas vagas na próxima etapa.

A partida desta terça-feira foi equilibrada e quente, mas o Brasil quase sempre esteve à frente do placar, tendo fechado o primeiro tempo em vantagem de 15 a 10. E soube lidar com a pressão psicológica de saber que um tropeço diante dos russos praticamente acabaria com as chances de classificação à segunda fase do Mundial.

O duelo também teve alguns desentendimentos, com Timur Dibirov sendo expulso após dar um empurrão em Bombom, goleiro brasileiro que foi um dos destaques do duelo, sendo que o ataque teve eficiência de 57% nas finalizações.

Felipe Borges liderou a produção ofensiva brasileira ao marcar sete gols em dez finalizações, sendo eleito o melhor jogador do duelo. Já Haniel Lângaro fez seis gols, um a mais do que José Toledo. Já os artilheiros russos foram Timur Dibirov e Dmitry Zhitnikov, com seis gols cada.

Com França e Alemanha ocupando as duas primeiras posições do Grupo A no Mundial, Rússia e Brasil vem logo atrás, com quatro. Mas a seleção está à frente, pois o confronto direto é o primeiro critério de desempate. Assim, só precisa vencer o time unificado das Coreias para avançar de fase, ficar entre as 12 equipes que disputarão a próxima etapa, superando o seu melhor desempenho na competição, o 13º lugar de 2013.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo