Japão cogita pedir exames negativos e registros de vacinação a torcedores olímpicos, diz jornal

Por Eimi Yamamitsu

TÓQUIO (Reuters) – O Japão está cogitando pedir aos torcedores olímpicos que apresentem exames negativos ou registros de vacinação contra Covid-19, noticiou o jornal Yomiuri nesta segunda-feira, quando uma nova pesquisa mostrou que a oposição pública aos Jogos continua forte.

Na sexta-feira, o Japão prorrogou um estado de emergência em Tóquio e outras áreas até 20 de junho. Vendo a abertura da Olimpíada em menos de dois meses, a confiança pública está abalada por uma quarta onda de infecções de coronavírus e uma campanha de vacinação lenta.

Os espectadores estrangeiros já foram proibidos, e no mês que vem os organizadores devem decidir se os japoneses poderão assistir os Jogos, que devem ocorrer entre 23 de julho e 8 de agosto, e em quais condições.

Além de outras medidas, como impedir gritos de torcedores e cumprimentos do tipo ‘bate aqui’, o Yomiuri disse que o governo está estudando se os espectadores deveriam apresentar exames negativos feitos uma semana antes de comparecer ao evento.

O principal porta-voz do governo, Katsunobu Kato, disse aos repórteres nesta segunda-feira que não está ciente de nenhuma decisão sobre o assunto.

“Para fazer dos Jogos um sucesso, é necessário levar em conta os sentimentos do povo”, disse Kato, acrescentando que os organizadores estão se preparando para fazer com que as medidas estejam em vigor para realizar a Olimpíada com segurança.

O comitê organizador da Olimpíada de Tóquio não respondeu de imediato a um email pedindo comentários sobre a reportagem do jornal.