Lenda do Bayern de Munique, francês Franck Ribéry se aposenta aos 39 anos

Paris, 21 (AE) – Lenda do Bayern de Munique, o meia-atacante francês Franck Ribéry anunciou nesta sexta-feira sua aposentadoria aos 39 anos. O veterano, que estava defendendo as cores do clube italiano Salernitana, não indicou qual será o seu futuro.

Ribéry fez o anúncio em vídeo publicado nas redes sociais, com informações em quatro línguas: francês, inglês, alemão e italiano. Nele, aparecem diversos lances incríveis do jogador, que se destacou em todos os clubes que defendeu, além da seleção da França.

No vídeo, ele também explica o motivo de sua decisão: uma lesão complicada no joelho. “As dores no meu joelho não passam e os médicos foram claros. Não há solução, devo parar de jogar. Por isso, devo colocar fim à minha carreira de jogador profissional”, declarou Ribéry.

Com a decisão, o francês encerrou uma vitoriosa carreira de 22 anos no futebol profissional, que começou no Boulogne. Depois, passou outros clubes menores no futebol francês até começar a se destacar internacionalmente com a camisa do Galatasaray, da Turquia.

Do futebol turco, voltou ao seu país, desta vez para defender as cores do tradicional Olympique de Marselha. De lá, se transferiu para o Bayern de Munique, onde mais brilhou em sua carreira. Em 12 anos no clube alemão, ele acumulou diversos títulos, incluindo nove taças do Campeonato Alemão, seis da Copa da Alemanha, uma da Liga dos Campeões, na temporada 2012-2013 e o Mundial de Clubes, em 2013.

Ganhou ainda diversos prêmios individuais no futebol francês e alemão e também em âmbito mundial. Na temporada 2012/2013, a melhor de sua carreira, ele foi eleito o melhor jogador da Europa. Em 2013, ficou em terceiro na disputa da Bola de Ouro, que, na época, era entregue em parceria com a Fifa. Pela seleção francesa, ele participou da conquista do vice-campeonato na Copa do Mundo de 2006.

Em sua despedida, Ribéry agradeceu o apoio da torcida. “Vocês me deram a força para viver essa incrível aventura. Entretanto, hoje, apesar dos esforços que vinha fazendo nos últimos três meses, a dor que sinto no meu joelho só tem piorado”, afirmou. “É o fim de um lindo capítulo da minha vida.”.

Por Estadão Conteúdo.