Londrina e Operário fazem hoje primeiro jogo da semifinal do Paranaense

A partir das 16 horas desta quarta-feira (9), Londrina e Operário começam a decidir quem vai disputar o título do Campeonato Paranaense. Os dois times fazem o primeiro jogo da semifinal no Estádio do Café, no norte do Estado, cercados de muita expectativa. No primeiro turno, o confronto entre os dois times do interior terminou com vitória do Fantasma em Ponta Grossa. O jogo de volta está marcado para o dia 6 de julho no Estádio Germano Krüger.

O técnico Roberto Fonseca terá sete novidades em relação aos atletas convocados para o jogo pela Série B diante do Brusque. O goleiro Alan volta a ser chamado após quatro partidas. O lateral-esquerdo Felipe Vieira, que cumpriu suspensão contra o Brusque, e o zagueiro Zé Pedro, que ficou duas partidas fora, também estão de volta.

Além deles, estão de volta ao time o volante Pedro Cacho, recuperado de lesão na coxa direita, o meio-campo Danilo, que teve alta após lesão no ligamento colateral medial, e o atacante Wilker, que ficou dois jogos sem ser relacionado.

Em relação ao time que foi convocado contra o Brusque, são sete ausências: os laterais-direitos Ricardo Luz e Talison, o zagueiro/volante Gabriel Furtado, o volante Tárik, o meio-campo Mossoró e os atacantes Caprini e Junior Pirambu não foram inscritos no Campeonato Paranaense.

Operário tem nove desfalques

A situação é mais complicada para o time ponta-grossense, que encara um novo surto de covid-19 no elenco e tem cinco atletas afastados por causa da doença: Simão, Leandrinho, Fabiano, Jean Carlo e Rafaell Oller tiveram o diagnóstico positivo e não encaram o Tubarão nesta quarta.

Além deles, o Departamento Médico do clube tem o zagueiro Rafael Bonfim (pós-operatório de lesão no menisco lateral do joelho direito) segue em transição com a preparação física. O meia Cleyton (lesão muscular grau III na parte anterior da coxa esquerda) e o volante Marcelo Santos (lesão muscular grau III posterior da coxa esquerda) estão em tratamento com fisioterapia.

O meio-campista Pedro Ken, recuperado de lesão muscular grau III na posterior da coxa direita, retornou aos treinos e pode ser novamente relacionado.

“É um clássico, um jogo decisivo, sabemos da importância desse confronto. Talvez, seja um jogo de poucas oportunidades, para os dois lados, e quem estiver em um momento ‘feliz’, possa sair vitorioso. Estamos preparados para realizar uma boa partida e almejar o que desejamos, chegar na final”, analisa o técnico Matheus Costa.