Lutador do UFC desarma atirador em restaurante nos Estados Unidos

O lutador de peso-meio-médio do UFC Kevin Holland impediu o que poderia ser uma tragédia nos Estados Unidos. O atleta estava em um restaurante japonês na cidade de Houston quando um homem sacou uma arma e abriu fogo no estabelecimento, que tinha entre 40 e 50 clientes. Ninguém foi ferido.

De acordo com relatos, o disparo aconteceu por volta das 23h da última segunda-feira (14). Ao ouvir o som do tiro, Holland e seu parceiro de treinos, Patrick Robinson, desarmaram o rapaz e o imobilizaram até a chegada da polícia.

“Você ouve um barulho, e então todo mundo começa a se abaixar. Todo mundo abaixou. Em seguida, eu e meu amigo corremos até o atirador, o derrubamos, o estrangulamos, pegamos a arma dele e então ligamos para a polícia. A polícia veio e o prendeu”, contou Holland para a emissora “NBC”.

De acordo com a “NBC”, a polícia identificou o suspeito do crime como um homem de 24 anos, que será acusado de posse de arma roubada e disparo de arma de fogo. O rapaz já era procurado por não comparecer ao tribunal por acusação de dano criminal.

A última luta de Holland foi no UFC 272, quando derrotou Alex Cowboy em confronto válido pela categoria meio-médio.

Informações do SBT Sports.