Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Márquez fecha na liderança o dia de treinos livres da MotoGP em Aragão

O espanhol Marc Márquez terminou na liderança o dia de treinos livres para a etapa de Aragão, na Espanha, do Mundial de MotoGP. O piloto da Honda fez a melhor volta em 1min47s382 na segunda sessão de pista desta sexta-feira, superando os adversários impulsionados por motores da Ducati, que haviam colocado quatro competidores entre os quatro primeiros na atividade inicial desta 14ª corrida desta temporada.

O espanhol Jorge Lorenzo, da Ducati, ficou em segundo com o tempo de 1min47s520, enquanto o italiano Andrea Dovizioso, líder do primeiro treino pela mesma equipe, cravou 1min47s835 para terminar o dia na terceira colocação.

O veterano italiano e supercampeão Valentino Rossi, da Yamaha, marcou apenas o nono tempo, com 1min48s501, após um sétimo lugar no primeiro treino. O destaque vai para o também italiano Danilo Petrucci, da Pramac, sexto mais rápido do dia (1min48s134), que obteve a maior velocidade destes treinos livres ao alcançar 339,5km/h.

Também à frente desta dupla de pilotos da Itália ficaram o britânico Cal Crutchlow, da LCR Honda (1min47s862), e o italiano Andrea Iannone, da Suzuki (1min47s919), respectivos quarto e quinto colocados. O sétimo lugar foi obtido pelo espanhol Dani Pedrosa, da Honda, com 1min48s389, seguido de perto pelo seu compatriota Alvaro Bautista, da equipe Angel Nieto, de motor Ducati, com 1min48s452.

Atrás do italiano Rossi, completando o grupo dos dez primeiros, figurou outro piloto da casa: Maverick Viñales, da Yamaha, com o tempo de 1min48s552.

Os pilotos voltam para a pista neste sábado, quando será definido o grid de largada da etapa de Aragão, às 9h10 (de Brasília). A prova ocorrerá no domingo, às 9 horas.

Márquez é o líder disparado da classificação do campeonato, com 221 pontos, seguido por Dovizioso, vice-líder com 154, três a mais que Rossi, o terceiro no geral. Lorenzo surge na quarta colocação, com 130 pontos. Depois de Aragão, vão faltar cinco provas para o fim do Mundial de MotoGP.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo