Náutico e Vasco empatam em duelo direto para seguir na luta pelo G4

A Série B do Brasileirão teve três jogos disputados ao longo deste domingo (24). Pela 31ª rodada, Náutico e Vasco empataram em 2 a 2 em Recife, enquanto a Ponte Preta venceu o Remo por 1 a 0, em Belém. E pela abertura da 32ª rodada, o Vila Nova-GO derrotou o Brusque, de virada, por 2 a 1, fora de casa.

Náutico 2 x 2 Vasco

Nos Aflitos, Náutico e Vasco fizeram um jogo movimentado, com muitas chances para os dois lados e empataram em 2 a 2. A equipe carioca começou melhor e abriu dois gols de vantagem. Logo aos oito minutos, Nenê aproveitou falha do zagueiro Rafael Ribeiro e finalizou de primeira para abrir o placar. Dez minutos depois, Marquinhos Gabriel cruzou para Cano ampliar a vantagem alvinegra. Mas o Timbu não se abateu e também mostrou poder ofensivo. E, na marca dos 26, Hereda cruzou bem para Vinícius cabecear e descontar. Na volta do intervalo, os donos da casa dominaram o confronto e empataram aos 12. Jean Carlos cruzou, e Yago subiu livre para deixar tudo igual em Recife.

O resultado não foi muito positivo para nenhuma das equipes, que entraram em campo em busca dos três pontos para se aproximar do G-4. O Cruzmaltino, com 47, ocupa o sexto lugar. E o Timbu, com 45, aparece na nona posição – no momento, o quarto colocado é o Goiás, com 52.

Remo 0 x 1 Ponte Preta

No Baenão, em Belém, Remo e Ponte Preta entraram em campo com um grande jejum de vitórias na Série B – cinco jogos sem os três pontos para o time paraense, e quatro para a Macaca. E foi a equipe alvinegra que saiu mais aliviada do confronto, que venceu por 1 a 0 e respirou na tabela – segue na 16ª posição, mas agora com 37 pontos, cinco a mais que o primeiro time dentro da zona de rebaixamento. O Leão, com 38, ocupa o 13º lugar.

Apesar do placar magro, a partida teve boas chances para os dois lados, principalmente na etapa inicial. O Remo começou assustando em chute de Thiago Ennes, aos 11 minutos. E a Ponte respondeu de forma rápida e fatal. Rafael Santos fez boa jogada individual e passou para Richard, que acertou o travessão. No rebote, Marcos Júnior completou para o fundo das redes. O Leão passou a pressionar mais em busca do empate e chegou perto com Gedoz, que foi parado em boa defesa de Ivan. Nos instantes finais, Thiago Coelho também foi acionado e salvou a equipe da casa em duas chegadas da Macaca. Na volta do intervalo, o jogo seguiu aberto, mas sem muitas oportunidades claras de gol. A Ponte Preta foi administrando a vantagem e garantiu o triunfo ao apito final.

Brusque 2 x 3 Vila Nova

Pela abertura da 32ª rodada, o Vila Nova-GO bateu o Brusque por 3 a 2, de virada, no Augusto Bauer. A equipe goiana agora soma 42 pontos e ocupa o décimo lugar na tabela de classificação. O Quadricolor, com 38, é o 15º colocado.

O jogo começou com bola na rede aos 13 minutos do primeiro tempo. Garcez aproveitou sobra após cobrança de falta e abriu o placar para o Brusque. Depois, o Vila passou a controlar as ações e empatou na marca dos 26, em cabeçada de Clayton após cobrança de escanteio. Já aos 38, o atacante cobrou pênalti e fez mais um para o Tigrão. Na volta do intervalo, a equipe goiana marcou um gol relâmpago e ampliou ainda mais a vantagem. Com um minuto, Diego Tavares arrancou sozinho e arriscou de fora da área para fazer o terceiro. A equipe catarinense se lançou mais ao ataque, mas só conseguiu descontar já aos 40, com Tony, e não teve mais tempo para tentar evitar o revés.