Náutico empata com o CRB e mantém liderança da Série B

A oitava rodada da Série B do Campeonato Brasileiro teve mais dois jogos disputados nesta terça-feira (29). Em Maceió, o líder Náutico visitou o CRB-AL e empatou em 1 a 1 – o time alagoano deixou tudo igual com gol aos 45 minutos do segundo tempo. E, em Belém, o Sampaio Corrêa-MA bateu o Remo-PA por 2 a 0 e subiu para a terceira posição na tabela.

CRB-AL 1 x 1 Náutico

No Rei Pelé, CRB e Náutico fizeram um jogo bem disputado e empataram em 1 a 1. O resultado mantém o Timbu na liderança da Série B, agora com 18 pontos – dois a mais que o segundo colocado. O Galo, com 11, subiu para o sexto lugar.

A partida em Maceió começou equilibrada entre CRB e Náutico, com as duas equipes buscando e espaço e tentando o gol. Em uma das chegadas, o Timbu levou perigo em uma bomba de Jean Carlos, aos 30 minutos, que obrigou rápida defesa de Diogo Silva. No lance seguinte, Bryan invadiu a área pela esquerda e chutou forte para mais uma nova intervenção do goleiro do time alagoano. Um pouco depois, Marciel pegou sobra e finalizou de primeira para, novamente, Diogo Silva segurar a bola. A melhor chance do Galo foi na marca dos 42, quando Erik pegou cruzamento de Reginaldo pela direita e chutou rasteiro, sendo parado em boa defesa de Alex Alves.

O CRB começou o segundo tempo mais ofensivo, com Hyuri sendo parado em duas defesas de Alex Alves. Depois, o Náutico também se lançou ao ataque e assustou com Jean Carlos e Vinicius, em sequência. Até que, aos 14 minutos, após boa jogada trabalhada pela direita, Erick tabelou com Hereda e chutou com tranquilidade no canto direito de Diogo Silva: 1 a 0. O Galo tentou reagir e criou chances de empatar com Hyuri e Diego Torres. Sem desistir, o time da casa balançou as redes já aos 45. O zagueiro Caetano arriscou de longe e acertou o canto do gol para deixar tudo igual: 1 a 1.

Remo 0 x 2 Sampaio Corrêa

Fernando Torres/AGIF

Jogando no Baenão, em Belém, o Remo dominou a posse de bola diante do Sampaio Corrêa no primeiro tempo da partida, mas sem conseguir transformar a vantagem em lances claros de gol. A equipe paraense apostou em chutes de fora da área, como os de Erick Flores e Igor Fernandes, que não surtiram efeito. A Bolívia Querida teve mais finalizações, mas apenas uma boa chegada. Aos 28 minutos, Jean Silva recebeu dentro da área, dominou e bateu no canto esquerdo de Vinícius, que fez a defesa e manteve o placar inalterado.

O Leão dominou os primeiros minutos do segundo tempo, criando boas chances de sair na frente. Mas, o Sampaio acabou sendo mais eficaz. Aos 30 minutos, Jefinho cobrou pênalti com frieza e abriu o placar para a Bolívia Querida. Depois, já na marca dos 45, Ferreira fez boa jogada em contra-ataque e lanço Romarinho, que avançou e tocou na saída do goleiro para fechar a vitória: 2 a 0.

Com o resultado, o Sampaio subiu para o terceiro lugar na tabela de classificação, com 15 pontos. O Remo, com sete, aparece na 17ª posição.