Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Putin pede que doping seja 'página virada' para Rússia poder disputar Tóquio-2020

(Foto: Reprodução) - Putin pede que doping seja 'página virada' para Rússia em 2020
(Foto: Reprodução)

O presidente Vladimir Putin quer acabar de vez com qualquer polêmica sobre doping relacionado à Rússia. Nesta quarta-feira, durante uma reunião do Conselho de Desenvolvimento de Cultura Física e Esporte, em Moscou, o político pediu para que seja "virada a página" do doping para o país poder competir, sem qualquer restrição, dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, no Japão.

"As questões pendentes devem ser definitivamente encerradas. Temos que fazer todo o possível para que nos Jogos Olímpicos de 2020 os membros da nossa equipe, sem exceção, não sofram limitação", disse Putin, que pediu ainda "para não dar qualquer desculpa para aqueles que usam o esporte para fins políticos e agir contra os interesses da Rússia". "A Rússia cumpriu todas as exigências em termos de melhoria da luta contra o doping".

Putin reconheceu que o esporte russo cometeu erros no passado na luta contra o consumo de substâncias proibidas e que é preciso cooperar "de maneira construtiva" com as organizações internacionais de controle de doping.

Em setembro do ano passado, a Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês) restituiu a agência antidoping da Rússia (Rusada, na sigla em russo), embora a reabilitação definitiva ainda depende da reanálise dos exames solicitadas na visita de inspeção do Laboratório de Moscou, realizada em janeiro.

A Federação de Atletismo da Rússia, no entanto, segue banida, com atletas podendo competir sob bandeira neutra, após uma autorização da Iaaf (Associação Internacional de Federações de Atletismo).

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo