Símbolo francês, “barrete frígio” será mascote dos Jogos de Paris-2024

Paris, 14 (AE) – A organização da Olimpíada e da Paralimpíada de Paris-2024 revelou nesta segunda-feira seus mascotes. A Phryge Olímpica e a Phryge Paralímpica representam o barrete frígio, um tipo de gorro que tem forte simbologia na França. O barrete remete à Revolução Francesa e simboliza a liberdade.

“Escolhemos um ideal em vez de um animal”, disse o chefe do Comitê organizador de Paris-2024, Tony Estanguet. “Escolhemos o barrete frígio porque é um símbolo muito forte da República Francesa. Para os franceses, é um objeto muito conhecido que é um sinônimo de liberdade, um objeto que representará mascotes em todo o mundo. O fato de que a mascote Paralímpica tem uma deficiência visível também manda uma forte mensagem: a promoção da inclusão.”

As duas mascotes são predominantemente vermelhas, com traços em branco e azul, contendo o logo de Paris-2024. Cada “gorro” traz a bandeira da França na altura dos olhos. “Elas são as protagonistas de uma grande tribo, são parte da família de Phryges”, explicou Julie Matikhine, diretora de marca de Paris-2024. “De acordo com nossa narrativa, elas existem há milhares de anos e estavam presentes durante vários eventos-chave na história da França”.

“Agora elas retornaram para este grande evento na França para liderar uma missão de revolução pelo esporte. O objetivo é mostrar que o esporte pode mudar tudo na sociedade. O objetivo é mostrar que o esporte e seus valores podem fazer grandes coisas. É sobre fraternidade, solidariedade e ajuda a sociedade a crescer”, completou.

Historicamente, este tipo de gorro era comum na Ásia, na região onde está localizada a Turquia atualmente. Na época da Revolução Francesa, o chapéu se tornou comum entre as pessoas que faziam parte do movimento em favor da República e que culminou na Tomada da Bastilha, em 1789. O evento marcou o início da Revolução Francesa.

“O barrete frígio tem um significado de habilidade, que todos temos quando atuamos coletivamente para nos levantarmos e trabalharmos juntos por algo melhor”, afirmou Matikhine. “Este foi o caso da Revolução Francesa e será o caso dos Jogos de Paris-2024 porque este evento será uma revolução através do esporte.”

Em termos práticos, a maior diferença entre a Phryge Olímpica e a Phryge Paralímpica, nas imagens divulgadas pela organização dos Jogos de Paris, é que a mascote da Paralimpíada é um pouco maior e usa uma prótese para corrida na perna direita.

Por Estadão Conteúdo