Ostapenko perde para Tomljanovic após ser chamada de “mentirosa” em Wimbledon

LONDRES (Reuters) – Vivendo boa fase no circuito, a tenista Jelena Ostapenko foi eliminada em Wimbledon ao ser derrotada em jogo da terceira rodada neste sábado contra a australiana Ajla Tomljanovic, com as duas atletas trocando palavras duras na rede.

A letã Ostapenko, campeã do torneio de Eastbourne, disputado na grama, e considerada fora da lista para o título em Wimbledon, caiu com parciais de 4-6, 6-4 e 6-2 para a número 75 do ranking.

O clima esquentou assim que Ostapenko pediu tempo médico quando perdia por 4-0 no set final –o que gerou uma resposta furiosa de Tomljanovic, que acusou sua adversária de fingir lesão para tentar quebrar o ritmo do jogo.

“Você sabe que ela está mentindo”, disse Tomljanovic ao árbitro, exigindo que o supervisor fosse chamado à quadra.

A guerra de palavras continuou no final da partida.

Ostapenko: “Se você acha que estou fingindo, pode falar com o fisioterapeuta”.

Tomljanovic: “Espero que se sinta melhor”.

Ostapenko: “Seu comportamento é terrível. Você tem respeito zero”.

Tomljanovic: “Você é quem deve falar”.

Ostapenko: “O quê? Péssimo, péssimo. Você é a pior jogadora do circuito”.

Tomljanovic já havia superado sua melhor campanha em Wimbledon ao chegar à terceira rodada e agora enfrentará a sensação Emma Raducanu, atleta britânica de 16 anos que entrou no torneio via convite.