Palmeiras e Flamengo firmam acordo de não-violência na final Libertadores

O presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, se encontrou com dirigentes de Flamengo e Palmeiras para “analisar questões vinculadas ao âmbito operativo, logístico e de segurança” da final da Libertadores, marcada para o dia 27 de novembro, em Montevidéu, no Uruguai.

O encontro contou com a presença de Rodolfo Landim e Maurício Galiotte, presidentes de Flamengo e Palmeiras, respectivamente.

“Nos reunimos com os presidentes do Palmeiras e do Flamengo para assinar uma carta de compromisso de não-violência e contra. O futebol é sinônimo de paz, de respeito mútuo”, escreveu Domínguez.

Na semana passada, a Conmebol divulgou o esquema de venda de ingressos para a decisão. Serão colocados à venda 20 mil bilhetes.

ores

Informações do SBT Sports.