Paranaense 2022 terá mesma fórmula de disputa e retorno do público nos estádios

Representantes dos 12 clubes que irão disputar o Campeonato Paranaense de 2022 participaram nesta quarta-feira (17) do arbitral que definiu o formato da competição. E a grande novidade para o próximo ano, como já era de se esperar, é a volta do público aos estádios paranaenses. Com relação à fórmula de disputa, o modelo será o mesmo da edição 2021.

Ao todo, o Campeonato Paranaense de 2022 irá utilizar 17 datas. A competição terá início no dia 23 de janeiro e a previsão de término é no dia 03 de abril. Diferente da edição desta temporada, o Estadual da próxima temporada contará com presença de público nos estádios.

Estiveram presentes ao encontro virtual com o presidente da Federação Paranaense de Futebol (FPF), Hélio Cury, representantes do Azuriz FC, CE União, Cianorte FC, Club Athletico Paranaense, Coritiba FC, FC Cascavel, Ind. Fut. São-Joseense, Londrina EC, Maringá FC, Operário FEC, Paraná Clube e Rio Branco SC.

Fórmula de disputa

Por unanimidade de votos, ficou definido que a fórmula de disputa será a mesma da competição deste ano. Na primeira fase, as 12 equipes se enfrentam em turno único, classificando os oito primeiros colocados. As duas equipes com menor número de pontos serão rebaixadas para a Segunda Divisão de 2023.

Nas fases seguintes, as equipes se enfrentam em jogos de ida e volta dentro de seus grupos. Em caso de igualdade de número de pontos nas fases finais, o primeiro critério de desempate será o saldo de gols e, persistindo o empate, a decisão será por pênaltis.

No arbitral ficou definido, através de votação e maioria de votos, que poderão ser inscritos 35 atletas e, posteriormente, poderão ser substituídos cinco.

O troféu do Campeonato Paranaense de 2022 levará o nome de Renato Follador, ex-presidente do Coritiba, que faleceu em julho, vítima da Covid-19.

Participações

Também participaram do arbitral o assessor da presidência da FPF, Robson Seerig, o gerente de competições Orlando Colaço, o supervisor do Departamento de Registros e Transferências, Éverton Amaro, o presidente da Comissão de Arbitragem da FPF, Afonso Vítor de Oliveira, o advogado da entidade William Hosaka.

Veja como fica o mata-mata do Paranaense

QUARTAS DE FINAL

  • Grupo B: 1º colocado x 8º colocado da 1ª Fase
  • Grupo C: 2º colocado x 7º colocado da 1ª Fase
  • Grupo D: 3º colocado x 6º colocado da 1ª Fase
  • Grupo E: 4º colocado x 5º colocado da 1ª Fase

SEMIFINAL

  • Grupo F Vencedor grupo B x Vencedor grupo E
  • Grupo G Vencedor grupo C x Vencedor grupo D

FINAL

  • Grupo H Vencedor grupo F x Vencedor grupo G