Paulo Autuori comenta a atuação de Jadson no Athletico

O meia Jadson de 37 anos, super experiente, depois de um ano parado, ele voltou ao futebol do Athletico, se recuperou completamente, já fez sete partidas aí nesse Brasileirão, tem contrato somente até o fim de maio e já existe uma conversa em andamento com a diretoria do Athletico para até ampliar esse contrato dentro de uma análise que está sendo feita. Já que ele tem uma idade avançada e o técnico Paulo Autuori falou sobre a utilização do Jadson e porque dependendo da estratégia, porque que nem sempre é titular nesse momento rubro-negro.

“Quando se tem um jogador como ele, quando ele entra agrega, se ele começa o jogo e por estar em estado parado muito tempo, que você tem que sair mesmo jogando bem porque pode ser que fisicamente ele não mantém o mesmo ritmo e nível competitivo caia, a saída dele afeta para a gente, é uma questão lógica e óbvia, pode ser que nos próximos jogos ele possa entrar, depende daquilo que nós criarmos como estratégia, mas o importante é que ele está apto para isso e é mérito total dele e dos profissionais do núcleo de performance tem que tirar o chapéu aqui para ambos né, pelo excelente trabalho desenvolvido e ver o Jadson sempre uma grande felicidade.”

Portanto, é domingo que o Atlético tem mais uma decisão ainda lutando por Libertadores contra o Grêmio lá em Porto Alegre e agora tem que secar bastante o Santos para chegar a essa vaga.