Sobe de 41 para 52 casos de Covid na Copa América, diz Ministério da Saúde

Por Ricardo Brito

BRASÍLIA (Reuters) – O número de casos de Covid-19 confirmados de pessoas envolvidas na Copa América subiu de 41 para 52, segundo dado atualizado nesta terça-feira divulgado pelo Ministério da Saúde.

Até o momento, dos 52 casos de Covid-19 de infectados, 33 são de jogadores e membros das delegações e 19 prestadores de serviços contratados para o evento.

“Os casos de prestadores de serviços foram confirmados em Brasília (DF) e no Rio de Janeiro (RJ). A positividade de casos por Covid-19 foi de 1,70%”, informou a pasta.

O número anterior, de 41 casos, foi divulgado pelo ministério na véspera referindo-se a domingo, dia da estreia do torneio de futebol.

Segundo o ministério, os resultados do sequenciamento genético para análise de variantes vão ser concluídos em até 14 dias, prazo necessário para realização da análise. Até o momento, foram realizados 3.045 testes de RT-PCR entre jogadores, membros das delegações e prestadores de serviços.

Em meio a críticas sobre o elevado número de casos e mortes por Covid no país, o governo Jair Bolsonaro atuou para garantir a realização do evento esportivo no Brasil após a recusa da Argentina e da Colômbia em sediá-lo.