Sobrevivente, Neto visita local do acidente aéreo da Chapecoense

Sobrevivente da tragédia da Chapecoense em 2016, o ex-zagueiro Neto visitou o local do acidente aéreo que matou 71 pessoas em Cerro Gordo, na localidade de La Unión, na Colômbia. Ele também foi ao treino do Atlético Nacional, time que enfrentaria a Chape na final da Copa Sul-Americana daquele ano.

“Eu precisava voltar aqui depois de cinco anos. Tenho muitas lembranças dos meus companheiros”, disse Neto em entrevista ao canal colombiano RCN.

A tragédia completou cinco anos no dia 29 de novembro. Na Arena Condá, estádio da Chapecoense, houve uma homenagem às vítimas. O evento foi chamado de “Para Sempre Lembrados”.

Neto esteve na Colômbia nesta semana para anunciar um filme sobre sua história. O longa é do cineasta colombiano Gustavo Nieto Roa, se chamará “O último sobrevivente” e será lançado em 2023.

“Será um filme construtivo, contará a história de uma pessoa simples como eu, que sempre tive fé, que em muitos momentos parecia que não conseguiria algo, mas que fui mais longe do que pensava”, afirmou Neto à Agência Efe.

Além de Neto, o último a ser resgatado, sobreviveram à tragédia os jogadores Alan Ruschel e Jakson Follmann e o jornalista Rafael Henzel. Alan Ruschel segue sua carreira, hoje no América-MG. Follmann era goleiro e teve de amputar uma das pernas por causa do acidente. Henzel, por sua vez, morreu em 26 de março de 2019 vítima de infarto fulminante enquanto jogava futebol com amigos.

Informações do SBT Sports.