Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Medina e Filipe Toledo estão entre os dez surfistas mais bem pagos do mundo

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS)A revista eletrônica australiana Stab Magazine publicou uma lista com com o faturamento dos 10 surfistas mais bem pagos de 2016. No topo da pesquisa está o atual campeão mundial, o havaiano John John Florence, com US$ 6,1 milhões (R$ 2.200 milhões).

O brasileiro Gabriel Medina aparece em segundo lugar, com US$ 5,5 milhões (R$ 19,250 milhões) acumulados. O terceiro do ranking mundial recebeu cerca de US$ 282 mil (R$ 987 mil) em premiações, o restante advém de seus patrocinadores. O brasileiro Filipe Toledo está em sétimo lugar, com US$ 1.6 milhão.

A cada uma das 11 etapas do Circuito Mundial (WCT), a Liga Mundial de Surfe (WSL, em inglês) distribui US$ 100 mil (R$350 mil) para o campeão. Quem perde na estreia ou na repescagem recebe US$ 9 mil. Além dos prêmios, os atletas ainda contam com patrocinadores.

Confira a lista completa:

1. John John Florence (HAV) US$ 6.1 milhões

2. Gabriel Medina (BRA) US$ 5.5 milhões

3. Jordy Smith (AFR) US$ 3 milhões

4. Mick Fanning (AUS) US$ 2.8 milhões

5. Kolohe Andino (EUA) US$ 2.6 milhões

6. Julian Wilson (AUS) US$ 2.3 milhões

7 Filipe Toledo (BRA) US$ 1.6 milhão

8. Stephanie Gilmore (AUS) US$ 1.4 milhão

9. Carissa Moore (HAV) US$ 1.1 milhão

10 Jack Freestone (AUS) US$ 1 milhão