Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Após bicampeonato em Viena, Marcelo Melo anuncia dupla fixa com Lukasz Kubot

Marcelo Melo tem novo parceiro fixo. Nesta terça-feira, o tenista brasileiro, que chegou a ser líder do ranking mundial em duplas, anunciou que vai ter manter a parceria com Lukasz Kubot para 2017. Junto com o polonês, Melo venceu o Torneio de Viena (Áustria) no domingo passado, reeditando a conquista que eles alcançaram juntos em 2015.

"Eu e o Lukasz jogamos muito bem juntos, desde o início. Tivemos um bom desempenho nos torneios da Ásia, passamos por uma semifinal importante contra os irmãos Bryan em Viena e conseguimos defender o título em um belo jogo, o que é muito importante nesse fim de temporada", comenta Melo.

Com o polonês de 34 anos, Melo jogou outros dois torneios este ano. Atuando juntos, eles caíram na semifinal do Torneio de Pequim e, na semana seguinte, também em outubro, perderam na estreia do Masters 1000 de Xangai. O insucesso na China, porém, foi ofuscado pelo título em Viena.

Melo procurava um novo parceiro porque o croata Ivan Dodig, com quem ele joga desde a temporada 2012, decidiu voltar a se dedicar às competições de simples. Antes, o brasileiro formou dupla com André Sá e, depois, com Bruno Soares.

Nessas últimas cinco temporadas, porém, Melo experimentou diversos outros parceiros, conquistando títulos também com Tommy Robredo, Julian Knowle e Raven Klaasen. O brasileiro, porém, acredita que seu jogo encaixou bem com o de Kubot, número 27 do ranking mundial.

"O Lukasz é um atleta completo, com todas as habilidades necessárias, além de ser um jogador agressivo. Nosso jogo combina muito bem para formarmos uma boa dupla. Esses motivos somados aos nossos últimos resultados nos fizeram decidir ir em busca de mais, agora juntos", explica o brasileiro.

Melo ainda joga uma última vez com Dodig no ATP Finals, em Londres, uma vez que a dupla é a quinta do ranking da temporada e tem lugar garantido no torneio. Antes, esta semana, o brasileiro joga o Masters 1000 de Paris com Vasek Pospisil, do Canadá.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo