Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Cibulkova bate Kuznetsova e vai à final do Masters da WTA pela primeira vez

Dominika Cibulkova está pela primeira vez em uma final do Masters da WTA, o torneio que fecha a temporada do tênis feminino com as oito melhores do ano em Cingapura. Neste sábado, a eslovaca se classificou à decisão ao vencer a semifinal contra a russa Svetlana Kuznetsova por 2 sets a 1, com parciais de 1/6, 7/6 (7/3) e 6/4, de virada.

"Estou tão feliz. É minha primeira vez aqui (no Masters), jogando a final agora, e jogando uma partida tão boa contra a Sveta. Para mim, é um sonho meu que se torna realidade e isso é incrível", afirmou Cibulkova logo após o jogo. Assim que conseguiu o ponto da vitória, num rali emocionante, ela se jogou na quadra e não se conteve na comemoração.

A festa foi tanta que Kuznetsova não teve paciência para esperar o cumprimento de praxe entre as duas na rede. Cibulkova percebeu a gafe e foi apertar a mão da rival, que já estava sentada em sua cadeira, mas o encontro não pareceu amistoso.

"Eu vi ela no banco e fui lá para apertar a mão dela. Algumas vezes, você fica chateada depois do jogo e isso é normal. A gente está bem, mas não somos tipo melhores amigas no circuito. Não é como se a gente fosse se abraçar, mas está tudo bem", disse a eslovaca.

Ao alcançar a final, Cibulkova repete o feito da atual campeã, Agnieszka Radwanska, que avançou à decisão do ano passado depois de vencer só uma partida na fase de grupos. A bielo-russa, aliás, joga a outra semifinal contra a alemã Angelique Kerber.

Assim como foi na temporada, Cibulkova ressurgiu das cinzas na final. Após perder o primeiro set por 6/1, sem ao menos conseguir um break point, a eslovaca, oitava do ranking mundial, reagiu no segundo set. Cada uma conseguiu três quebras, até que Cibulkova triunfasse no tie-break.

No terceiro set, Kuznetsova chegou a encaminhar a vaga na final, abrindo 4/2. Cibulkova empatou em 4/4 e salvou dois break points para pontuar sacando e fazer 5/4. No último game do jogo, valeu a maior determinação da eslovaca.