Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Com derrotas de Carol Meligeni e Bia, Brasil vê Eslováquia abrir 2 a 0 na Fed Cup

(Foto: Reprodução/Twitter/Fed Cup ES) - Meligeni e Haddad perdem; Brasil vê Eslováquia abrir 2 a 0 na Fed Cup
(Foto: Reprodução/Twitter/Fed Cup ES)

Com duas derrotas sofridas neste sábado, sendo uma por Carolina Meligeni e outra por Beatriz Haddad Maia, o Brasil viu a Eslováquia abrir 2 a 0 na série melhor de cinco partidas entre as duas nações em confronto válido pelos playoffs do Grupo Mundial II da Fed Cup, em piso de saibro na AXA Arena, em Bratislava.

No primeiro duelo do dia, Dominika Cibulkova, atual 33ª tenista do ranking mundial, confirmou com tranquilidade o seu favoritismo sobre contra a sobrinha do ex-tenista Fernando Meligeni, atual 354ª colocada da WTA, ao arrasá-la por duplo 6/1.

Logo em seguida, Viktoria Kuzmova também fez valer a sua condição de 45ª tenista do mundo ao superar Bia Haddad, hoje a 124ª do ranking, por duplo 6/3.

Assim, as eslovacas terão até três chances neste domingo para assegurar classificação ao grupo das 16 melhores equipes da Fed Cup, a principal competição entre países do tênis feminino mundial. A primeira destas oportunidades virá no jogo em que Cibulkova enfrentará Bia no primeiro duelo de simples do dia.

Caso a brasileira vença, Cibulkova poderá liquidar o duelo para as donas da casa em seguida em confronto com Carol Meligeni. E se a representante do Brasil conseguir uma improvável vitória sobre a adversária, a série será definida na partida de duplas, para a qual estão pré-escaladas a parceria nacional formada por Bia e Luisa Stefani e o time local que conta com Kuzmova atuando ao lado de Magdalena Rybarikova.

"As tenistas eslovacas estiveram muito bem neste sábado. No primeiro jogo, a Carolina fez tudo que ela podia, teve uma excelente atitude, mas a Cibulkova foi muito sólida e agressiva. Na segunda partida, da Bia, a Kuzmova fez um jogo excelente, dando poucas chances. Nós vamos conversar na reunião de hoje e ver o que podemos fazer para amanhã. Acredito que a Bia estará mais tranquila e vai conseguir ser mais agressiva. Será uma outra situação", afirmou a capitã da equipe brasileira, Roberta Burzagli, ao comentar os confrontos deste sábado e os que virão pela frente.

Semifinais da Elite empatadas

Se o Brasil se vê muito perto de ser batido pelas eslovacas, a divisão de elite da Fed Cup contou com dois confrontos entre nações que terminaram empatados por 1 a 1 neste sábado que abriu as semifinais da competição.

Em um destes embates, disputado em quadra dura em Brisbane, a Bielo-Rússia saiu na frente da Austrália com Aryna Sabalenka superando Samantha Stosur por 2 sets a 1, com parciais de 7/5, 5/7 e 6/3. Em seguida, porém, Ashleigh Barty deixou tudo igual para as donas da casa ao derrotar Victoria Azarenka por 7/6 (7/2) e 6/3.

Já no primeiro dia do confronto realizado em piso de saibro na cidade francesa de Rouen, Simona Halep confirmou a sua condição de atual campeã de Roland Garros e vice-líder do ranking mundial ao arrasar Kristina Mladenovic por 6/3 e 6/1 e colocar a Romênia em vantagem sobre a França. Na sequência, entretanto, Caroline Garcia empatou o duelo para as anfitriãs ao vencer Mihaela Buzarnescu por duplo 6/3.

Assim, os países que ganharem dois dos três confrontos deste domingo pelas semifinais vão garantir vaga na decisão, que está agendada para ocorrer nos dias 9 e 10 de novembro.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo