Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Com vitória nas duplas, República Checa supera França e conquista tri na Fed Cup

A República Checa manteve a hegemonia na Fed Cup e conquistou neste domingo o tricampeonato consecutivo da versão feminina da Copa Davis. Em uma decisão bastante equilibrada, derrotou a França por 3 a 2, fora de casa. O título veio com uma vitória nas duplas, onde Karolina Pliskova e Barbora Strycova derrotaram Caroline Garcia e Kristina Mladenovic por duplo 7/5. Foi o quinto troféu das checas nas últimas seis edições do torneio, o 10.º no geral.

Depois de terminarem o sábado empatadas 1 a 1, o domingo começou com vitória da França no piso sintético de Strasbourg. Carolina Garcia derrotou Karolina Pliskova por 2 sets a 1 - com parciais de 6/3, 3/6 e 6/3 - e deixou as donas da casa em vantagem.

No quarto jogo, Barbora Strycova substituiu Petra Kvitova e derrotou Alizé Cornet, que jogou no lugar de Kristina Mladenovic, por 6/2 e 7/6 (7/4). Com o resultado, o placar geral ficou em 2 a 2 e a decisão foi para as duplas.

A França mantinha viva as esperanças de encerrar um jejum de títulos que não vinha desde 2003. A República Checa lutava para manter a hegemonia. O duelo também colocou frente a frente as duas vitoriosas das partidas de simples do dia: Garcia e Strycova.

No final das contas, talvez tenha pesado o cansaço de Garcia, que também havia jogado (e vencido) o jogo de simples no sábado. Nas duas parciais, ela não conseguiu confirmar o serviço do 10.º game e teve o saque quebrado. Strycova confirmou nas duas sequências e garantiu a vitória.

"O segredo da conquista foi acreditar no nosso potencial e lutar por cada ponto. Lutamos até o final", comentou Strycova. "Que dia maravilhoso. Não foi nada fácil, por isso estamos tão felizes com essa conquista", completou Pliskova.

A conquista checa coroou o capitão Petr Pala como único comandante da história da Fed Cup a erguer o troféu por cinco vezes. Já Petra Kvitova assumiu a quarta colocação entre as tenistas com mais títulos na competição.