Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Djokovic perde para 117º do mundo e tem pior derrota em Grand Slams

(Foto: Divulgação) - Djokovic perde para 117º do mundo e tem pior derrota em Grand Slams
(Foto: Divulgação)

O Aberto da Austrália de 2017 teve sua primeira grande zebra nesta quinta-feira (19). Atual campeão do torneio, o sérvio Novak Djokovic foi eliminado pelo uzbeque Denis Istomin, 117º colocado do ranking da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais), ao perder por 3 sets 2, parciais de 7/6 (10-8), 5/7, 2/6, 7/6 (7-5) e 6/4, pela segunda rodada do torneio.

Para Djokovic, a derrota foi a primeira de sua carreira para um tenista acima da 100ª colocação do ranking da ATP em um Grand Slam. Antes, seu pior revés em torneios deste nível tinha sido para o russo Marat Safin, 85º colocado ao vencer o sérvio em Wimbledon-2008.

Djokovic está em má fase desde o segundo semestre de 2016. Após o título de Roland Garros, o sérvio não conseguiu manter a regularidade do seu tênis, perdeu a primeira colocação do ranking da ATP para o britânico Andy Murray e agora sofre para voltar a jogar em seu habitual nível.

Na Austrália, especificamente, foi a sua pior participação desde 2006, quando perdeu na estreia. Desde então, ele conquistou seis títulos em Melbourne e chegou a quatro quartas de final. Em Grand Slams, ele não perdia na segunda rodada desde Wimbledon-2008, quando foi eliminado por Marat Safin.

Istomin, que tem 30 anos e teve como melhor colocação no ranking da ATP um 33º lugar em 2013, fez a partida de sua vida contra Djokovic. "Foi a minha maior vitória na carreira. Agora sinto que posso jogar no mesmo nível desses caras", comemorou Istomin ao ser entrevistado ao fim do duelo que durou quatro horas e quarenta e oito minutos.

Logo no primeiro game do jogo, a duração de 16 minutos foi uma mostra do equilíbrio que marcaria o restante do jogo. O uzbeque saiu na frente ao vencer o primeiro set no tie-break. Na sequência, viu Djokovic embalar e virar o jogo com vitória nas duas séries seguintes. Porém, Istomin voltou a equilibrar o duelo no quarto set, venceu no tie-break e forçou a série decisiva. Nela, conseguiu a quebra de serviço no quinto game e controlou a vantagem até fechar por 6 a 4.

Na próxima rodada, Istomin enfrentará o espanhol Pablo Carreno Busta, que derrotou o britânico Kyle Edmund por 3 sets a 0, parciais de 6/2, 6/4 e 6/2.