Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Duplas de Melo e Soares perdem na estreia no Masters 1000 canadense

- Duplas de Melo e Soares perdem na estreia no Masters 1000 canadense

Os duplistas brasileiros decepcionaram no Masters 1000 de Toronto, evento canadense disputado em quadras rápidas. De bye na primeira rodada, Bruno Soares, em parceira com Jamie Murray, e Marcelo Melo, ao lado do polonês Lukasz Kubot, estrearam nesta quinta-feira nas oitavas de final e foram eliminados.

Kubot e Melo encararam o sul-africano Raven Klaasen e o neozelandês Michael Venus e perderam por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 5/7 e 11/9, em 1 hora e 21 minutos. O duelo teve 15 aces, sendo nova disparados por Klaasen e Venus. Além disso, cada dupla converteu um break point no set que venceu.

No match tie-break, então, o sul-africano e o neozelandês se deram melhor e se classificaram às quartas de final do Masters 1000 de Toronto, se vingando da derrota para os rivais nas oitavas da edição deste ano do Torneio de Roterdã.

Já Soares e Murray ofereceram menos resistência. Eles encararam o croata Nikola Metic e o austríaco Alexander Peya e perderam por 2 sets a 0, com duplo 6/4, em 1 hora e 17 minutos. O brasileiro e o britânico também haviam superado os rivais nesta temporada, nas semifinais do Torneio de Acapulco.

Cada dupla teve oito break points no duelo, mas enquanto Soares e Murray não conseguiram aproveitar nenhum e ainda cometeram quatro duplas faltas no duelo, a parceria europeia converteu um em cada parcial, o que foi suficiente para assegurar o triunfo deles.

Com as derrotas desta quinta-feira, tanto Murray/Soares como Kubot/Melo repetiram a campanha do ano passado no Masters 1000 canadense, que em 2017 foi realizado em Montreal, tendo caído na segunda rodada.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo