Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Ferrer desiste com lesão na perna e Murray vai à final em Viena contra Tsonga

Andy Murray nem precisou entrar em quadra neste sábado para dar mais um grande passo para, enfim, assumir a liderança do ranking mundial. David Ferrer, que deveria ser seu rival na semifinal do Torneio de Viena, um ATP 500, desistiu da competição alegando uma lesão na perna esquerda.

De acordo com Herwig Straka, diretor do torneio, o espanhol, que era o quinto cabeça de chave, foi examinado em uma clínica particular e os médicos que o atenderam recomendaram que não jogasse. Não foram dados mais detalhes sobre a lesão de Ferrer, que defendia o título conquistado na Áustria no ano passado.

Assim, Murray chega descansado para a final que vai jogar domingo contra Jo-Wilfried Tsonga, a 11.ª dele somente nesta temporada. Se ganhar mais esse título, que seria seu sétimo em 2016, o britânico chega a 10.985 pontos, se aproximando bastante de Novak Djokovic, que tem 12.900. De qualquer forma, Murray mais uma vez vai atingir a maior pontuação da carreira, como já acontece esta semana.

Na final contra Tsonga, o britânico é favorito. Até porque o francês chega à decisão desgastado por uma semifinal de 2h34min contra o croata Ivo Karlovic, a quem venceu por 2 sets a 1, com parciais de 5/7, 7/5 e 7/6 (8/6), num dos jogos mais equilibrados do torneio até aqui.

Número 15 do ranking mundial, Tsonga disputa sua primeira final do ano, impedindo que essa seja sua pior temporada desde 2010, quando não fez finais. Desde então, ganhou pelo menos um título por ano. Em 2016, vai em busca da primeira taça e contra um rival contra o qual ainda não aprendeu a jogar.

Em 15 duelos entre Murray e Tsonga, foram 13 vitórias do britânico e só duas do francês, a última delas em 2014. Neste ano, eles se enfrentaram nas quartas de final de Wimbledon, onde o dono da casa venceu. A outra vitória de Tsonga foi em 2008.