Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Fundação Banco do Brasil apoia projeto de tênis em escola integral

(Foto: Divulgação) - Fundação Banco do Brasil apoia projeto de tênis em escola integral
(Foto: Divulgação)

O projeto de tênis realizado desde 2014 na Escola Municipal Prefeito Cyro Martins vai receber um grande incentivo para sua ampliação. Nesta terça (8), a escola assinou um convênio com a Fundação Banco do Brasil para receber R$ 43 mil e aprimorar a prática do esporte. Atualmente, 223 crianças de 5 a 11 anos participam do projeto ‘Raquete na Mão, Paz no Coração’.

Com os recursos, os alunos da Escola Integral receberão novos equipamentos, como raquetes, bolas, redes, maleiros e outros itens para a prática do Tênis. Além das aulas realizadas na quadra da escola, semanalmente 52 alunos frequentam a academia Tin Tênis, em parceria com a escola, para aprimorar a técnica. “Este convênio é um reconhecimento para o projeto de escolas integrais que estamos implantando através da Secretaria de Educação. São inúmeras atividades desenvolvidas nas escolas, que aprimoram a formação dos nossos alunos e os preparam para o futuro”, disse o prefeito Marcelo Rangel.

Segundo a professora Carla Miara, coordenadora do projeto, o esporte transformou o rendimento dos alunos da escola, com benefícios que ultrapassam a prática da educação física. “A prática do tênis tem melhorado muito a escola. Com a parceria, teremos mais equipamentos esportivos e aulas ainda melhores. Nossa ideia agora é levar a modalidade do tênis para outras escolas, realizar circuitos e também trazer a modalidade para o JEM”, conta a professora.

Para participar do tênis, as crianças precisam se dedicar também nas aulas, tanto nos estudos como na parte comportamental. Para o superintendente regional das agências Estilo do Banco do Brasil, Sandro Jacobson Grando, o projeto é especial. “É especial para nós porque visualizamos junto aos técnicos e da Fundação BB que podemos apoiar a formação destes jovens do projeto enquanto cidadãos de bem, incentivando o esporte. A iniciativa é fantástica, especialmente por ser de uma escola pública integral, que vai agregar muito para a cidade de Ponta Grossa”, aponta o executivo.

Colaboração Assessoria de Imprensa.