Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Murray vira sobre Nishikori, vence a segunda no ATP Finals e fica perto da vaga

O britânico Andy Murray segue sua caminhada em busca do primeiro título da carreira no ATP Finals. O novo número 1 do mundo venceu a segunda partida na edição 2016 do torneio, em Londres, nesta quarta-feira, ao derrotar o japonês Kei Nishikori por 2 sets a 1 de virada, com parciais de 6/7 (9/11), 6/4 e 6/4.

O confronto foi uma batalha de 3h20min, mas Murray cresceu nos momentos decisivos para encaminhar a vaga às semifinais do torneio. Ele lidera de forma isolada o Grupo John McEnroe e pode garantir a classificação ainda nesta quarta-feira, se o suíço Stan Wawrinka perder para o croata Marin Cilic. Caso contrário, o britânico terá que vencer Wawrinka na última rodada para não depender de nenhum resultado.

Murray chegou a Londres embalado por ter recém-conquistado a primeira colocação do ranking. O torneio, aliás, é o primeiro do britânico na liderança em toda sua carreira. E para manter esta posição, ele tenta quebrar o jejum na competição, em que nunca chegou sequer à final.

Depois de passar por Cilic com certa tranquilidade na estreia, Murray não começou bem nesta quarta-feira. Em um equilibrado primeiro set, viu a decisão ir para o tie-break. Nele, Nishikori disparou, o britânico chegou a salvar três set points, mas o japonês se recuperou e fechou a parcial.

O equilíbrio manteve-se no segundo set. Murray imprimia seu estilo de jogo, mas Nishikori encontrava formas de voltar à partida. Só que o britânico cresceu mais uma vez nos momentos decisivos e deixou tudo igual.

A derrota pareceu desestabilizar o japonês, que começou mal o terceiro set. Murray conseguiu duas quebras logo de cara, inclusive contando com a sorte e vendo lances importantes serem decididos a seu favor por toques da bola na fita da rede. Nishikori ainda ameaçou e devolveu uma das quebras, mas a vitória ficou mesmo com o britânico.

DUPLAS - Na chave de duplas, o finlandês Henri Kontinen e o australiano John Peers venceram pela segunda vez e encaminharam a vaga. Os cabeças de chave número 5 derrotaram nesta quarta o sul-africano Raven Klaasen e o norte-americano Rajeev Ram por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4.