Nadal supera oscilação para chegar à segunda rodada de Wimbledon

LONDRES (Reuters) – Rafael Nadal teve um retorno hesitante, mas animador, às quadras de grama nesta terça-feira ao derrotar o argentino Francisco Cerundolo, 41º do ranking, por 6-4, 6-3, 3-6 e 6-4 na primeira rodada de Wimbledon, começando a campanha por seu terceiro título de Grand Slam neste ano.

O segundo cabeça de chave, que não jogava em Wimbledon desde 2019 e ficou de fora dos torneios de preparação por causa de um problema crônico no pé, parecia estar passeando na partida até uma série de erros não forçados permitirem que Cerundolo voltasse ao jogo.

“Não é um piso em que jogamos com frequência, especialmente no meu caso, nos últimos três anos, não coloquei o pé na grama”, disse Nadal, de 36 anos, ao público da Quadra Central. “Todo dia é um teste e estou no começo do torneio e das circunstâncias difíceis (sob as quais) cheguei aqui”.

Empurrado pela lotada Quadra Central, ele quebrou o serviço do seu nervoso adversário duas vezes para selar a partida e marcar um encontro de segunda rodada com o lituano Ricardas Berankis.

“Três anos sem vir para cá… é incrível estar de volta e não posso agradecer o bastante pelo apoio (do público)”, disse Nadal.