Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Para se recuperar, Nadal anuncia que não joga mais em 2016

No sétimo lugar do ranking mundial, Rafael Nadal parece não ter mais gás para brigar pelo posto de primeiro da lista. A prioridade dele, agora, é cuidar da parte física. Nesta quinta-feira, o tenista espanhol deixou isso claro ao anunciar que não vai mais entrar em quadra em 2016. Vai descansar para voltar mais forte em 2017.

"Não é segredo para ninguém que cheguei muito apertado aos Jogos Olímpicos e que o objetivo era ganhar uma medalha para a Espanha. Essa recuperação acelerada me causou dores em todos os torneios desde então e agora me vejo obrigado a parar e pensar já em 2017", explicou Nadal, em comunicado.

O espanhol abandonou o torneio de Roland Garros, em maio, com uma lesão no pulso esquerdo. Em agosto, chegou ao Rio com sua participação na Olimpíada em dúvida, uma vez que ainda se recuperava dessa lesão. Ele não só disputou os Jogos, como chegou à semifinal em simples e, com Marc López, faturou um ouro olímpico inédito em duplas.

Depois disso, não conseguiu voltar a jogar bem. Perdeu nas oitavas de final no Masters de Cincinnati (EUA), no US Open e do Torneio de Pequim (China), além de ser eliminado na estreia em Xangai, também na China. Em todos esses torneios, perdeu para atletas do 20.º para baixo no ranking mundial.

O calendário de Nadal até o fim do ano previa participações no Torneio de Basileia, na Suíça, na casa de Roger Federer, e no Masters de Paris. Só nesses dois torneios, defendia 480 pontos. Depois, pretendia chegar ao ATP Finals. No ano passado, chegou à semifinal e somou 600 pontos. Ao perder mais de 100 pontos, o espanhol pode inclusive sair do Top 10 do ranking mundial.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo