“Tentei cruzar, mas o importante é que o gol nos deu a vitória”, diz Carlos Eduardo

Carlos Eduardo saiu do banco para garantir a vitória do Furacão sobre o América Mineiro, neste domingo (30). Para o atacante, seu gol e os três pontos conquistados na estreia no Campeonato Brasileiro são mais uma prova da qualidade do elenco athleticano.

Para Cadu, a participação decisiva de atletas que entraram no decorrer da partida mostra um Athletico preparado para a maratona de competições desta temporada. A assistência para o gol foi do estreante David Terans, que também começou a partida entre os reservas.

“Isso mostra que é um elenco de boa qualidade. Tenho que respeitar o meu companheiro que está jogando bem e merece estar entre os titulares. O importante é estar sempre ajudando a equipe, seja jogando desde o início ou vindo do banco. Estamos em quatro competições e todos terão oportunidades. Ninguém vai conseguir jogar todos os jogos e quem entrar tem que estar bem preparado”, afirmou.

O atacante admitiu que no lance do gol, sua tentativa foi cruzar para Matheus Babi, que entrava pela pequena área. “Eu tentei cruzar, vi o Babi bem posicionado. Bati em direção ao gol, mas o objetivo era cruzar para o Babi. Foi o primeiro gol que eu marquei assim, tentando cruzar. Mas o importante é que o gol nos deu a vitória”, disse.

Foi o décimo gol de Carlos Eduardo pelo Furacão. Para ele, o triunfo por 1 a 0 na estreia deixa todos no elenco satisfeitos e com a sensação de dever cumprido. “Fico muito feliz de começar ganhando e fazendo gol. A gente tem criado bastante. Claro que queremos mais gols. Mas o importante é a vitória. Se conseguirmos chegar dez vezes, conseguimos marcar um gol e saímos com a vitória, está bom. O importante é vencer e hoje mostramos isso”, ressaltou.

Informações da assessoria de imprensa.