Tite convida Bruninho para conhecer seleção, e Cesar Sampaio se emociona

Depois de receber o apoio de ídolos do futebol como Pelé e Neymar, o torcedor Bruninho, hostilizado por santistas após ganhar uma camisa do goleiro Jailson, recebeu um convite do técnico Tite para conhecer a seleção brasileira.

“Está feito o convite para ele estar aqui conosco. Porque nós como pais, como pessoas temos a função de sermos educadores, temos de ser exemplos. Mais do que falar é fazer. Tu torce pela seleção brasileira, e dá para torcer por clubes sim. Dá para ter educação e respeito por tudo”, disse Tite durante entrevista coletiva realizada nesta quarta-feira (10).

“Bruninho, um abraço nosso de coração de um homem de 60 anos, que aprendeu um pouquinho, aprendeu a respeitar sentimento e exemplos positivos, que vão educar e fazer uma sociedade melhor”, completou o técnico da seleção.

Durante a coletiva, Cesar Sampaio, auxiliar da seleção, se emocionou ao falar de Bruninho. O ex-jogador relembrou a sua trajetória no futebol e revelou que era palmeirense, criado em uma família de torcedores do Corinthians.

“Bruninho, eu sou um palmeirense de uma família de corintiano, joguei nos quatro grandes de São Paulo, consegui respeitar todas as camisas. Consigo entrar e sair nos quatro. Me solidarizo contigo, você tem seus ídolos, eu tive os meus”, afirmou.

“Qualquer esporte é mais do que ganhar e perder, bater recorde, a gente tem essa imagem dos valores agregados do esporte. Fui formado pelo esporte, meus pais tinham que trabalhar, fiquei muito tempo na rua. Não perca isso, esse amor pelos seus ídolos, pelo esporte, porque eu sou fruto de tudo isso. E a gente tem que procurar influenciar mais a sociedade por esses valores no esporte”, concluiu Cesar Sampaio.

Informações do SBT Sports.