Vasco vence mais pela Série B; Cruzeiro perde fora de casa

Dois jogos encerraram a sétima rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, na noite deste domingo (27). Jogando em casa, o CSA derrotou o Cruzeiro de virada por 2 a 1. Mesmo placar do triunfo do Vasco diante do Brusque, em São Januário.

O jogo demorou para engrenar em São Januário. Mandante da partida, o Vasco teve chances com Morato, Cano e Léo Matos. Enquanto os visitantes chegaram com perigo nas finalizações de Thiago Alagoano e Edu. Já na etapa complementar, o time da casa foi para cima. Antes do primeiro gol, Andrey e novamente Léo Matos assustaram. Até que, aos 17, Cano recebeu de Morato e com apenas um toque abriu a contagem: 1 a 0. Do outro lado, o Gabriel Taliari quase empatou para o Brusque. Mas aos 34, Edu não perdoou e deixou tudo igual, após cruzamento certeiro de Toty. Só que a igualdade não durou muito. E, aos 42, Léo Matos chegou de novo para o Vasco, mas dessa vez mandou para o fundo das redes decretando o triunfo cruzmaltino por 2 a 1.

Com a vitória, o Vasco alcançou os dez pontos e pulou para sexta posição. Já o Brusque tem a mesma pontuação e aparece na sétima colocação.

CSA 2 x 1 Cruzeiro

O Cruzeiro entrou em campo em ritmo acelerado e logo aos cinco minutos, Felipe Augusto aproveitou cobrança de escanteio para abrir a contagem no Rei Pelé. Em desvantagem, o CSA apareceu mais para o jogo. Aos 16, Matheus Felipe de cabeça passou perto. Rondando o setor ofensivo, o time da casa precisou de apenas dois minutos para virar o marcador. Gabriel, aos 26, cruzou na medida para Iury fazer 1 a 1. E, aos 28, o camisa 99 fez a roubada de bola, deixou a marcação para trás e bateu no cantinho: 2 a 1. Depois do intervalo, o duelo perdeu intensidade e as equipes pouco criaram no ataque. Silvinho foi quem mais levou perigo para o Azulão. Enquanto Adriano assustou para os mineiros.

Com o resultado, o CSA, que tem um jogo a menos disputado, chegou aos oito pontos e subiu para o 11º lugar. Enquanto o Cruzeiro é o 13º, com sete pontos.