Vettel recomenda filho de Schumacher como seu substituto na Aston Martin

O piloto Sebastian Vettel recomendou o amigo e compatriota Mick Schumacher, filho do lendário Michael Schumacher, para substituí-lo na Aston Martin no final da temporada, quando o tetracampeão mundial de Fórmula 1 irá se aposentar.

Vettel, de 35 anos, anunciou sua aposentadoria na quinta-feira com especulações imediatas sobre quem poderá ser seu sucessor ao lado do canadense Lance Stroll na equipe britânica.

“Eu tenho sim, a minha opinião. Quer dizer, eu estimo muito o Mick”, disse Vettel a jornalistas na Hungria, onde no domingo ocorre o último Grande Prêmio antes do recesso de agosto.

“Obviamente, não sou inteiramente objetivo, pois sou muito próximo dele. Mas eu acredito sim que ele seja um grande piloto. E ele aprende, continua aprendendo, enquanto outros empacam, ou param de progredir”, acrescentou Vettel sobre o piloto de 23 anos.

“Então ele tem uma série de qualidades, mas também ainda é muito jovem, e não tem muita experiência.”

Vettel disse que a decisão será tomada pela equipe, mas que ele não irá “segurar” sua opinião se for perguntado sobre o assunto. 

O alemão é próximo da família Schumacher, e o pai de Mick, o heptacampeão e lenda da Ferrari, foi o herói da infância de Vettel.