Villarreal e Manchester United disputarão a final da Liga Europa

Por Martyn Herman

LONDRES (Reuters) – O Villarreal resistiu à pressão do Arsenal no empate por 0 x 0 nesta quinta-feira em Londres, garantindo sua vaga na final da Liga Europa para enfrentar o Manchester United, que avançou apesar da derrota para a Roma por 3 x 2.

A equipe espanhola protegeu com grande disciplina a vantagem de 2 x 1 conquistada na partida de ida e também teve a sorte a seu favor, já que Pierre-Emerick Aubameyang acertou na trave duas vezes para o Arsenal.

Será a primeira final europeia do “Submarino Amarelo”.

A noite foi muito emocionante também para o técnico do Villarreal, Unai Emery, que foi demitido do Arsenal em 2019. Ele terá agora a oportunidade de ganhar a Liga Europa pela quarta vez quando sua equipe enfrentar o Manchester United em Gdansk na final deste mês.

Na outra semifinal, Ole Gunnar Solskjaer alcançou sua primeira decisão como técnico do Manchester United, apesar da derrota para a Roma no Estádio Olímpico por 3 x 2. Na soma dos dois jogos, os ingleses fizeram 8 x 5.

O norueguês havia perdido suas últimas quatro semifinais durante passagem pelo United.

Cavani abriu o placar com um chute forte aos 39 minutos, mas a Roma marcou duas vezes em três minutos no segundo tempo através de Edin Dzeko e Bryan Cristante para virar o jogo.

Um cabeceio de Cavani igualou o marcador para os visitantes, porém um chute do estreante Nicola Zalewski desviou em Alex Telles para bater o goleiro David De Gea e dar à Roma uma vitória que não garantiu a classificação.