Vitinho entra no segundo tempo e decide Atletiba para o Furacão

Athletico e Coritiba fizeram um jogo disputado nesta quinta-feira (6), digno de um histórico Atletiba na Arena da Baixada. Vitinho, que entrou no intervalo, marcou duas vezes para dará vitória por 2 a 1 para o Furacão dentro da Arena da Baixada. Waguininho descontou para o Coxa.

Com o resultado, o Rubro-negro salta para a quinta posição e depende só dos próprios esforços para avançar ao mata-mata do Campeonato Paranaense. O time chega aos 12 pontos, empatado com FC Cascavel e Cianorte. Já o Coritiba perdeu a chance de assumir a liderança do Estadual. O Alviverde estaciona nos 13 pontos, um a menos do que o líder Operário.

Marcação pesada e poucas chances de gol

O primeiro tempo foi marcado pelo equilíbrio entre as duas equipes. O Coritiba apostou na marcação alta, ainda no campo de ataque, e conseguiu frear boa parte das saídas de bola. Quando os jogadores conseguiam superar esses marcadores, o Athletico chegou mais perto do gol adversário, mas os atacantes rubro-negro pecaram muito nas finalizações.

As melhores oportunidades saíram só depois dos 30 minutos. Canesin aproveitou a bola que sobrou na área, matou no peito e emendou uma bicicleta para ótima defesa e Wilson. Já na reta final, foi a vez de Igor chutar da entrada da área e exigir boa defesa de Bento.

Com poucas chances reais, a primeira etapa ficou marcada pelas lesões de Robinho e Cerutti, do Coritiba, e o técnico Gustavo Morínigo precisou queimar duas substituições ainda nos 45 minutos iniciais. Entraram no jogo Igor Paixão e Waguininho.

Mais emoções depois do intervalo

Os dois times voltaram animados para o intervalo e a primeira oportunidade saiu antes do primeiro minuto de jogo, com Canesin chutando forte do lado esquerdo de Wilson, mas a bola foi para fora. Três minutos depois, Waguininho recebeu sozinho dentro da grande área e cabeceou à esquerda de Bento, que nem se mexeu no lance.

O duelo continuou equilibrado e os dois times conseguiram criar boas oportunidades, principalmente pelo lado direito de seus ataques, mas faltava capricho nas finalizações. Isso até os 13 minutos do segundo tempo quando, novamente pela direita, Khellven cruzou e Vitinho mandou para o fundo das redes.

Com a vantagem no placar, o Furacão recuou as linhas e apostou nos contra-ataques, enquanto o Coxa continuava com problemas para furar a defesa athleticana. Para resolver o problema, a bola tinha que vir pelo alto. E foi essa a aposta do Coxa aos 32 minutos: o lateral Igor cruzou e encontrou Waguininho sozinho dentro da área para cabecear sozinho para o gol, sem chances de defesa.

O jogo já caminhava para o empate quando Vitinho acertou mais um belo chute de fora da área e marcou o golaço que deu números finais ao Atletiba. Depois do gol, as comissões técnicas discutiram e, no lance seguinte, William Farias foi expulso por deixar o cotovelo numa disputa de bola.