Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Curitiba vence o São José dos Pinhais e está a uma vitória da Superliga Feminina

(Foto: Thiago Paes/Federação Paranaense) - Curitiba vence o SJP e está a uma vitória da Superliga Feminina
(Foto: Thiago Paes/Federação Paranaense)

A cidade de Curitiba está muito perto de ter novamente um time feminino na Superliga de Vôlei. Na noite desta sexta-feira (23), o Curitiba Carob House/CMP venceu o São José dos Pinhais, por 3 sets a zero, no primeiro jogo da semifinal da Superliga B feminina 2018, no Ginásio Ney Braga, e precisa de apenas uma vitória para chegar à divisão principal. As parciais foram 22/25, 16/25 e 17/25, em 1h20 de partida.

“Sem dúvidas este foi um passo importantíssimo. O placar não demonstra a dificuldade que foi o jogo. Tivemos uma sequência de erros no início que é normal em razão da importância da partida. O nosso mérito foi ter a consciência na hora da dificuldade e o poder do contra-ataque, além de termos sido mais incisivos no saque”, analisou Clésio Prado, técnico do Curitiba Carob House/CMP ao site da Confederação Brasileira de Vôlei.

Neste sábado (24), acontece o primeiro jogo da outra chave semifinal entre ADC Bradesco (SP) e Vôlei Positivo/Londrina (PR), às 17h, no ADE Bradesco, em Osasco (SP). O time de Londrina é o único invicto na competição e terminou a fase classificatória na primeira colocação, garantindo passagem direta às semis. Já o ADC Bradesco foi o quinto e passou pelo CEFA (RS) nas quartas de final.

As semifinais seguirão o mesmo formato das quartas de final, com um jogo na casa de cada participante, e, se necessário, um Golden Set (de 25 pontos) logo após o segundo duelo. A grande decisão será realizada em jogo único na casa do time de melhor campanha, no dia 7 de abril.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo