Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Sada Cruzeiro bate time do Egito e avança à semi do Mundial de Clubes de Vôlei

- Sada Cruzeiro bate time do Egito e avança à semi do Mundial de Clubes

Atual campeão do Mundial de Clubes de Vôlei Masculino, o Sada Cruzeiro conseguiu a sua segunda vitória nesta segunda rodada da edição de 2016 da competição. Nesta quarta-feira, o time mineiro bateu o Talaea El-Gaish, do Egito, por 3 sets a 0 - parciais de 25/18, 25/20 e 25/15, no ginásio Divino Braga, em Betim (MG), onde os jogos serão disputados até o domingo.

O oposto Evandro teve boa participação e saiu de quadra como maior pontuador da partida ao marcar 13 pontos. Outro destaque ficou por conta do jovem ponteiro Rodriguinho, que começou a partida no lugar de Filipe, com dores na panturrilha. "Para mim, foi ótimo ter uma oportunidade assim. Entrei porque o Filie está com dores e essa nunca é a melhor forma, mas isso vai acrescentar muito ao meu jogo, me dando uma experiência importante. Essa chave foi boa e acho que essa sequência crescente no campeonato vai ajudar a nossa equipe", disse Rodriguinho.

O Sada Cruzeiro já havia vencido na rodada de terça-feira, quando levaram a melhor sobre o Taichung Bank, de Taiwan, também por 3 sets a 0. Com os dois resultados, já está classificado para as semifinais, mas ainda tem um último compromisso nesta quinta, quando enfrentará o Zenit Kazan, da Rússia, às 20 horas.

Segundo o ponteiro Leal, amanhã (quinta-feira) vai ser um jogo de alto nível. "Vai ser pesado. Vai ser decisão de primeiro lugar do grupo e um jogo muito forte. Nós já estamos classificados e vai ser um jogo muito complicado, contra um bom time", finalizou.

MINAS PERDE OUTRA - O Minas Tênis Clube não conseguiu a vitória na segunda rodada da competição. Nesta quarta-feira, a equipe mineira acabou superada pelo experiente time do Trentino, da Itália, por 3 sets a 0 - com parciais de 23/25, 19/25 e 25/23.

Na primeira rodada, a equipe do Minas já havia perdido - para o UPCN San Juan, da Argentina. Agora, os mineiros folgam na rodada desta quinta e voltam à quadra na sexta, contra o Bolívar, outro representante da Argentina na competição.

Já sem chances de classificação após duas derrotas, o Minas busca, agora, uma evolução no campeonato. Para o ponteiro Mão, um dos mais experientes da equipe mineira, o grupo já esperava enfrentar dificuldades. "Sabíamos que seria muito difícil. É um campeonato com o nível elevadíssimo, mas, de ontem para hoje, tivemos um nível melhor no passe, o que nos ajudou um pouco mais hoje (quarta-feira). Não era o resultado que queríamos, mas agora temos mais um jogo na sexta, contra o Bolívar, um clássico entre Brasil e Argentina, e não queremos sair da competição sem ganhar nenhum set", disse.

Nesta quarta, o oposto cubano do Minas, Bisset, foi o maior pontuador da equipe, com 11 acertos. Pelo Trentino, Arnaut foi quem mais pontuou, marcando 12 vezes.