Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Três duplas femininas do Brasil avançam em etapa do vôlei de praia em Moscou

- Três duplas femininas do Brasil avançam em etapa do vôlei de praia

Depois do êxito no qualifying na última quarta-feira, o Brasil começou com vitórias a fase principal do torneio feminino da etapa de Moscou do Circuito Mundial de Vôlei de Praia. Foram seis triunfos em sete jogos envolvendo duplas brasileiras, com três delas avançando às oitavas de final invictas: Ágatha/Duda, Carol Solberg/Maria Elisa e Maria Clara/Elize Maia. Já Ana Patrícia e Carol Horta perderam na estreia, mas seguem com chances de irem à repescagem desta competição de nível quatro estrelas do calendário da modalidade.

As adversárias das duplas brasileiras nas oitavas de final serão conhecidas nesta sexta-feira, quando serão encerrados os jogos da fase de grupos e repescagem. Já as finais da competição ocorrem no domingo. O Brasil é o atual campeão no naipe feminino em Moscou, tendo vencido na temporada passada com a então parceria formada por Larissa e Talita.

Maria Clara e Elize Maia, que avançaram à fase de grupos após vencerem no classificatório, mantiveram o excelente ritmo com triunfos nesta quinta. No primeiro, a dupla superou as alemãs Laboureur e Sude por 2 sets a 1, com parciais de 21/16, 10/21 e 15/13, em 43 minutos. Horas depois, em jogo valendo o primeiro lugar do Grupo C, vitória contra Tina e Anastasija, da Letônia, por 2 sets a 1 (21/16, 16/21 e 15/9), também em 43 minutos.

Outra parceria do Brasil que começou com duas vitórias seguidas foi a das atuais vice-líderes do ranking mundial, Ágatha e Duda. A dupla estreou vencendo as russas Abalakina e Dabizha por 2 sets a 0 (21/13 e 21/15), em apenas 28 minutos. Na partida que valia a liderança da Grupo B e vaga antecipada nas oitavas, a vitória foi por 2 sets a 0 (21/19 e 21/14) sobre as norte-americanas Emily Day e Betsi Flint, em 33 minutos.

"Foi um bom dia. Nós estávamos realmente focadas em ter uma boa estreia na fase de grupos. Nos últimos torneios nós garantimos a vitória no primeiro jogo e isso é sempre um grande objetivo para nós. Agora temos um jogo a menos, mais descanso e normalmente o sorteio deve ser melhor para nós, em teoria. Estamos felizes, conseguimos o que queríamos hoje", disse Agatha, em declarações reproduzidas pela Confederação Brasileira de Vôlei.

As campeãs brasileiras Carol Solberg e Maria Elisa também largaram bem, vencendo primeiro as russas Bocharova e Voronina por duplo 21/13, em 28 minutos. Horas depois, valendo a vaga antecipada às oitavas de final e liderança do Grupo D, elas bateram as suíças Nina Betschart e Tanja Huberli por 2 sets a 0 (21/17 e 21/19), em 39 minutos.

MASCULINO - As duplas masculinas do Brasil também estrearam nesta quinta-feira na fase de grupos da etapa quatro estrelas de Moscou. Das quatro parcerias na disputa, Evandro e Vitor Felipe já se garantiram nas oitavas de final. Já Alison/André Stein e Ricardo/Guto foram para a repescagem, enquanto Álvaro Filho/Thiago ainda buscam vaga neste mesmo estágio da competição.

Evandro e Vitor Felipe abriram o dia vencendo os franceses Aye e Krou por 2 sets a 0, por duplo 21/15, em apenas 35 minutos. Horas depois, eles superaram os vice-campeões do último Campeonato Mundial, os austríacos Doppler/Horst, por 2 sets a 0, com 21/16 e 21/19.

Alison e André Stein, por sua vez, iniciaram campanha na Rússia vencendo os primos chilenos Marco e Esteban Grimalt por 2 sets a 1 (21/15, 17/21 e 15/12). Pouco depois, porém, em confronto valendo a liderança do Grupo D e vaga nas oitavas de final, eles foram superados pelos italianos Nicolai e Lupo por 2 sets a 0 (21/19 e 21/17).

Ricardo e Guto viveram situação parecida com a dos seus compatriotas ao estrearem no Grupo C derrotando os belgas Dries Koekelkoren e Tom van Walle por 2 sets a 0 (21/10 e 21/19). No segundo jogo do dia, porém, foram batidos pelos holandeses Brouwer e Meeuwsen por 2 sets a 0 (21/15 e 21/17) e assim também caíram para a repescagem.

Já Álvaro Filho e Thiago acabaram perdendo já na estreia para os letões Martins Plavins e Edgars Tocs por 2 sets a 1, de virada, com 14/21, 21/15 e 15/13, e agora só voltarão a jogar nesta sexta, quando terão pela frente os norte-americanos Miles Evans e Billy Kolinske com a obrigação de vitória para irem à repescagem.