Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Cooperados da Coamo recebem R$ 109 milhões em antecipação de Sobras

- Cooperados da Coamo recebem R$ 109 milhões em antecipação de Sobras

A movimentação em todas as unidades da Coamo no Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul começou logo cedo nesta segunda-feira, 10 de dezembro. O motivo é que os associados receberam a antecipação das sobras referentes ao Exercício de 2018. São R$ 109 milhões distribuídos conforme a movimentação de cada cooperado na comercialização de soja, trigo, milho e insumos.

A antecipação das Sobras, apelidada de 13º do produtor rural associado à Coamo, é uma tradição e ajuda a movimentar o comércio no final do ano nas cidades em que a cooperativa está inserida.

Alexandre de Lima Moreira, de Campo Mourão (Centro-Oeste do Paraná), diz que é uma satisfação poder receber esse dinheiro extra. “Já há mais de 25 anos participo da distribuição das sobras. Essa antecipação utilizo para comprar algumas lembranças para a família e para as festas de final de ano”, comenta.

A associada Lindaura Lanza Ribeiro, também de Campo Mourão, é de família cooperativista e tradicional da Coamo. Ela revela que usará o dinheiro para viajar no final do ano. “Já está tudo planejado. Vou visitar um irmão no interior de São Paulo e depois viajar para a praia. Meus filhos já estão formados e com as suas respectivas famílias, então, uso o dinheiro para curtir a vida. Já trabalhei bastante e merece esse momento”, destaca.  

Conforme o presidente da Coamo, José Aroldo Gallassini, é uma satisfação para a diretoria da cooperativa antecipar as Sobras ao quadro social. “A Coamo possui tradição do pagamento antecipado das sobras nesta época do ano. Essa condição é realizada desde a sua fundação, há 48 anos”, comenta Gallassini.

Ele destaca que a antecipação só é possível devido a solidez, administração, participação dos associados e bons resultados que a cooperativa vem obtendo. “Comemoramos novamente esses bons resultados, fruto da participação efetiva dos cooperados e da boa administração da diretoria. Neste ano que estamos prestes a encerrar, mais uma vez, o balanço é positivo. Apesar da crise que diversos setores do país vêm passando, a agricultura consegue se manter muito bem como âncora da economia, e ainda apresenta bons números, os quais são bem recebidos pelos associados”, assinala Gallassini.

Fonte: Coamo

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo