Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Cooperativa lança plataforma de informação para sementes de trigo

- Cooperativa lança plataforma de informação para sementes de trigo

A Cooperativa Integrada acaba de lançar para esta safra de inverno as novas sacarias de sementes de trigo com a tecnologia que permite que o agricultor tenha em seu tablet ou celular todas as informações referentes à variedade que irá utilizar.

Por meio de um QR Code impresso na embalagem da sacaria, o agricultor faz a leitura pela câmera de um smartphone que dá acesso ao banco de dados daquela cultivar em uma plataforma criada pelo departamento de Tecnologia da Informação (TI) da Integrada.

Romildo Birelo, gerente de produção de sementes da cooperativa, explica que por meio da plataforma, o triticultor tem acesso a informações relacionadas à plantabilidade, germinação, índice de PMS (Peso de Mil Sementes), se a cultivar é ou não tolerante à determinadas doenças, o tratamento realizado nas sementes e dicas de utilização e cultivo.

De acordo com o diretor presidente da Integrada, Jorge Hashimoto, essa é uma inovação que visa trazer mais transparência e segurança nas informações dos produtos da Integrada para os cooperados. A tecnologia já vem sendo utilizada nas sacarias de soja e tem alcançado altos índices de satisfação.

O produtor e associado da Integrada, Valentin Rosolen, vai experimentar na sua propriedade em Arapongas (PR) a tecnologia nesta safra. Para ele, é muito bom ter as informações da cultivar antes da semeadura, principalmente se ela é resistente ou não às doenças que atingem o trigo. O agricultor completa que, por meio da plataforma, poderá ver com antecedência se o material é produtivo ou não.

Saber a procedência e identificar a origem da semente é outro ponto de suma importância para Rosolen. Nesta safra, ele estima semear 40 alqueires com trigo. Para isso, ele estima utilizar em torno de 20 toneladas de sementes. Por meio da plataforma, o produtor vai saber com a maior riqueza de detalhes o que irá semear. 

Fonte: Imprensa Integrada

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo