Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Exportações de milho cessam no Sul

- Exportações de milho cessam no Sul

As exportações de milho acabaram cessando no Sul e aumentando na região Centro-Oeste nesta semana, segundo informações divulgadas pelo especialista Luiz Fernando Pacheco, analista da T&F Consultoria Agroeconômica. De acordo com ele, as exportações ainda são vistas com um pouco de ceticismo.  

“O ponto central a ser observado para determinar a tendência dos preços do milho no Brasil nesta temporada são as exportações. Inicialmente visto com algum ceticismo, porque no ano passado o número foi de 23 MT, o objetivo de 31 milhões de toneladas de exportações para a safra 2018/19 poderá ser alcançado, diante da demanda extra que houve em fevereiro e março nos três estados do Sul e com a demanda continuando forte agora nos estados do Centro-Oeste", comenta.

Além disso, ele explica que esta demanda está sendo puxada pela China, que procura recompor o seu plantel de mais de 1,0 milhão de cabeças de suínos abatidas pela peste suína. “Se bem que o mercado já precificou este volume e será preciso que ele se eleve em pelo menos mais 2,0 milhões de toneladas para enxugar o aumento dos estoques finais, este é o fator decisivo, por que, se não se confirmar, alimentará ainda mais o que sobrar desta temporada e pressionará os preços no segundo semestre”, completa.

“No RS preços ao redor de R$ 34/35 FOB dependendo da região, mas reportes pontuais de negócios. O que rodou mais foi milho na casa de R$ 35,00 na região de Ibirubá, R$ 34,00 na região de Ijuí e R$ 37, região de Vacaria. O estado embarcou os últimos lotes vendidos para  exportação, que teve um volume recorde nesta temporada, ao redor de 660 mil toneladas”, conclui.

Fonte: Agrolink

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo