Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

5ª edição da Abertura Oficial da Colheita da Safra da Laranja Valência acontece em Itatiba do Sul

- 5ª edição da Abertura Oficial da Colheita da Safra da Laranja Valência

5ª edição da Abertura Oficial da Colheita da Safra da Laranja Valência e o 7º Encontro Municipal de Citricultores acontecem em Itatiba do Sul.

A 5ª edição da Abertura Oficial da Colheita da Safra da Laranja Valência e o 7º Encontro Municipal de Citricultores acontecem em Itatiba do Sul, no dia 25/07, a partir das 13h30, na propriedade da família Cadore, no Povoado Graciolli. A programação acontece numa Tarde de Campo com estações sobre a colheita da laranja e apresentação da propriedade, implantação correta do pomar de citros e poda e condução das plantas.

Às 15h30 acontece a abertura oficial da colheita da safra e pronunciamentos das autoridades. O evento é promovido pela Prefeitura de Itatiba do Sul, Emater/RS-Ascar e Comitê Técnico Setorial de Citricultura do Alto Uruguai com apoio da Cresol, Sicredi e Sutraf. O evento encerra com um coquetel com produtos à base de laranja.

Citricultura no Alto Uruguai

A região envolve 2 mil produtores de laranja, com produção de 59 mil toneladas em área cultivada de 2.952,80 hectares, no total. A produtividade média na região do Alto Uruguai é de 20 mil quilos por hectare. Os municípios com maior produção são Itatiba do Sul, Aratiba, Itatiba do Sul, Mariano Moro, Três Arroios, Severiano de Almeida, Marcelino Ramos, Barra do Rio Azul e Erval Grande. Na região do Alto Uruguai, 80% da produção de laranjas são da variedade Valência.

Safra da Laranja Valência

A 4ª edição do evento foi realizada em 2017 na propriedade da família Komosinski, localizada na comunidade de Rui Barbosa, em Erval Grande. Na propriedade de 120 hectares são cultivadas laranja e bergamotas, envolvendo 25 famílias ligadas à atividade. Na propriedade, técnicos e produtores colheram dois pés da fruta que foram pesados para estimar a produção média da região do Alto Uruguai, bem como averiguado o grau brix da fruta. Nesta amostra, o resultado ficou em 62, 6 toneladas por hectare.

Fonte: Emater/RS