Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Dia da agricultura na ExpoTec 2019 tem apresentação de cultivares de arroz, feijão, soja, milho e amendoim

Créditos: Sebastião Araújo - Dia da agricultura na ExpoTec 2019 tem apresentação de cultivares
Créditos: Sebastião Araújo

A exposição de tecnologias para agricultura e pecuária em Goiás, ExpoTec 2019, que será realizada nos dias 25 e 26 de abril, na sede da Embrapa Arroz e Feijão, em Santo Antônio de Goiás (GO), trará para os visitantes em seu primeiro dia de funcionamento a apresentação de cultivares.

No dia 25 de abril, os participantes da feira poderão conferir, por exemplo, a BRS A501 CL, primeira cultivar de arroz de terras altas com tolerância a herbicida, utilizando a tecnologia Clearfield. É indicada para Sistema Plantio Direto, principalmente, em áreas com problemas de plantas daninhas, ou ainda, em consórcio com forrageiras, visando recuperação de pastagens degradadas. Já a BRS Serra Dourada é uma cultivar de arroz de terras altas que se destaca pela tolerância à seca, adaptabilidade em sistemas agrícolas com baixo uso de tecnologia e pela excelente qualidade culinária.

No que diz respeito à cultura do milho, haverá a apresentação da cultivar BRS 3046, voltada a pequenos e médios produtores que trabalham com milho verde in natura. Outra opção, desenvolvida pela Embrapa Milho e Sorgo, são os híbridos de sorgo granífero BRS-380 e BRS-373, destinados à crescente demanda por cultivares precoces e produtivas, adaptadas aos sistemas de plantio em sucessão à soja. O Estado de Goiás é um dos principais produtores de sorgo granífero do país, produto que contribui para a alimentação animal, como ingrediente de rações.

Uma alternativa a mais a ser exposta pela Embrapa Milho e Sorgo é o cultivo do minimilho, que é a espiga de milho retirada do pé ainda jovem e utilizada em conservas e saladas. Serão discutidos os tipos de milho que facilitam a obtenção desse produto, aspectos da condução da lavoura e características que devem ser observadas na colheita.

Leguminosas

Na parte de feijão, será apresentada a BRS FP403, um dos lançamentos para o ano 2019. Trata-se de uma variedade de grão preto com alto rendimento, potencial de 4,7 mil quilos por hectare. Apresenta ciclo normal de crescimento, entre 85 a 95 dias, e é recomendada para cultivo em 19 estados brasileiros.

Sobre a cultura do amendoim, serão mostradas as variedades BRS 421, BRS 423 e BRS 425, cujo destaque é a possibilidade de colheita mecanizada e a produção de óleo. Já a cultivar BR 1 é adequada à colheita manual e atende melhor à demanda do mercado regional de consumo in natura de amendoim.

No que tange à soja, estarão expostas no campo cultivares do programa Soja Livre, ou seja, variedades de soja convencional, que buscam oferecer alternativas de plantio para o agricultor, em relação ao produto transgênico. Essas cultivares aliam alto potencial produtivo e podem ser utilizadas em áreas de refúgio.

Fonte: Embrapa

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo